Você realmente é praticante de tiro esportivo?

O texto abaixo foi gentilmente cedido pelo Alexandre.

Muitos praticantes do Tiro Esportivo com arma de pressão ficam na dúvida se realmente são esportistas ou não. Não quero trazer uma definição, apenas colocar todos a refletir um pouco sobre o assunto.

Antes que comecem as críticas, esclareço que utilizei o termo “arma de pressão” pois, se colocasse “arma de ar comprimido” estaria excluindo as de CO2, pois o mesmo é considerado um tipo de gás (gás carbônico).

Voltando ao assunto principal, normalmente utiliza-se o conceito de “esporte moderno”, que foi adotado por muito tempo porém hoje é considerado ultrapassado, sendo aceito atualmente o conceito de “esporte contemporâneo”, como pode ser observado em um artigo do Prof. Dr. Manoel TUBINO: “O Esporte, a Educação e os Valores – por uma Ética nas Atividades Físicas e Esportivas

( quem tiver paciência/curiosidade pode ler o texto na íntegra através do link http://www.slideshare.net/Mauromassari/tubino-esportes do qual retirei alguns parágrafos muito interessantes que estão descritos abaixo)

Carta Internacional da Educação Física e do Esporte (UNESCO, 1978)
“… Foi esta carta que provocou uma mudança conceitual no Esporte, antes referenciado somente na perspectiva do rendimento e, depois deste documento, a partir do direito de todos a atividade física e práticas esportivas (artigo 1 da carta), passou a compreender todas as pessoas (idosos, portadores de necessidades especiais, etc.)aumentando a abrangência social do alcance dos fatos esportivos. De fato, a Carta regulou as atividades físicas/esportivas para todos. Esta Carta propôs ações para as crises da Educação Terminal e para a exacerbação das práticas esportivas…”

“…Logo após os Jogos Olímpicos de Tóquio (1964) o mundo assistia a uma exacerbação do Esporte de Rendimento , motivado pela Guerra Fria que ideologizava o esporte,na época entendido apenas na perspectiva do rendimento. Foi nesse contexto que o Conseil International de Education Physique et Sport – CIEPS (atualmente International Council of Sport Science and Physical Education – ICSSPE) publicou o Manifesto Mundial do Esporte, assinado por Phillip Noel-Baker, Prêmio Nobel da Paz. O manifesto pela primeira vez reconhecia que a crise do esporte poderia ser ultrapassada se o conceito de esporte também incidisse sobre o Esporte Escola e o Esporte do Homem Comum, além do Esporte Rendimento.”

O Esporte, por sua vez, considerado isoladamente, teve na Carta Internacional de Educação Física e Esporte a sua ruptura como esporte moderno, passando a constituir-se como Esporte Contemporâneo. Na verdade, esta passagem significa a transição de um Esporte na perspectiva única do rendimento para um Esporte como direito de todos e que tem como forma de exercício desse direito o Esporte Educação (Esporte Educacional e Esporte Escolar), Esporte LazerEsporte de Desempenho (Esporte de Rendimento e Esporte de Alto Rendimento).”

Quem quiser saber mais sobre o Prof. Dr. Manoel Tubino (Manoel José Gomes Tubino) pode consultar seu Currículo Lattes no CNPq através do link http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728286H2 onde poderão analisar sua vida de pesquisador e muitas outros artigos e livros, muito respeitados pela comunidade científica internacional e alunos de Educação Física, entre outros cursos.

Há outros artigos científicos e autores muito conceituados, do qual podemos extrair muitas posições interessantes relacionadas ao tema, citando aqui o artigo de FÁBIO OTUZI BROTTO sob o título Jogos Cooperativos: O Jogo e o Esporte como um Exercício de Com-Vivência (http://pt.scribd.com/doc/15902924/Jogos … Do-Esporte), no qual temos uma visão do que é o Esporte através de outros olhos.

Sendo assim, espero que a maioria agora se considere um esportista… rs

Abraço a todos!

Alexandre

Esportista praticante orgulhoso de FT de Latinha… rs

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing