Kit de Sobrevivência ou Kit de Emergência

Chame como quiser: kit de sobrevivência ou kit de emergência, mas carregue com você!

Como montar um kit de sobrevivência?

Praticar atividades ao ar livre como acampamentos, caminhadas, expedições, pescarias, rafting, entre outras, exige alguns cuidados. A mãe natureza e o acaso são imprevisíveis. Além dos equipamentos normais para cada tipo de atividade junto à natureza, é muito importante termos um pequeno kit de sobrevivência para lançarmos mão caso as coisas fujam de nosso controle. Montando um kit, use, mesmo que você vá fazer uma atividade de poucos minutos, principalmente se a atividade envolver caminhadas no meio do mato. O nome kit de sobrevivência na maioria das vezes poder parecer um pouco exagerado, já que muitas pessoas realizam atividades perto de casa ou em locais não muito selvagens. Se preferir, chame seu conjunto de kit de emergência ou da forma que lhe pareça mais adequado, pois este conjunto de equipamentos pode ser útil em muitas situações nem tão extremas assim!

A seguir, mostrarei apenas um exemplo. O conjunto pode variar de acordo com suas habilidades e das condições do local onde será realizada sua aventura.

Itens essenciais:

Chamo de itens essenciais aqueles que devem fazer parte de seu equipamento usual, mesmo que não seja dentro do kit de sobrevivência.

  • Cantil;
  • Bússola (se não souber como utilizá-la, aprenda);
  • Facão, canivete ou faca (ou um conjunto);
  • Lanterna de boa qualidade para o caso de acampamentos noturnos.

Com o facão fica mais fácil conseguir lenha para o fogo, madeira para a estrutura de um abrigo e podemos abrir côcos facilmente, quando estes estão disponíveis. Em uma situação de emergência, ele poupa tempo na montagem da infra-estrutura do acampamento. Quanto à bússola. Seguramente ela é a maneira mais adequada para se deslocar no mato, onde dificilmente você encontra pontos de referência.

Agora o kit de sobrevivência ou emergência:

  • Uma pequena lanterna (se você tem a certeza que efetuará atividades noturnas, uma boa lanterna torna-se item essencial);
  • Clorin ou Hidrosteril (ou qualquer outra forma para purificar água);
  • Isqueiro, pederneira ou fósforos (o fogo é muito importante, tenha pelos menos duas maneiras diferentes para iniciá-lo);
  • Pedaços de câmara de pneu ou outra forma para auxiliar a iniciar o fogo;
  • Um pedaço de corda não muito grossa (perto de 2mm está ótimo);
  • Alguns anzóis de tamanho variado e um pedaço de linha de pesca;
  • Agulha e linha para pequenos reparos nas roupas, barracas e demais equipamentos;
  • Um cobertor ou saco de dormir de emergência fabricado em aluminio;
  • Um apito, para avisar sua localização com maior facilidade.

Vamos discorrer um pouco sobre o fogo. De nada adianta você carregar uma pederneira se não souber como utilizá-la, deixe em seu kit somente os objetos de seu domínio. Se o melhor para você for o isqueiro, então essa é sua ferramenta para fogo. Fósforos são leves, mas o isqueiro é muito prático, e com ele podemos improvisar uma pederneira caso o gás acabe.

Em minha opinião, a melhor forma de purificar água é fervê-la, evitando produtos químicos.  Em alguns casos, quando estamos em deslocamento ou quando não conseguimos fazer fogo, ter uma forma extra de purificação é primordial. O Clorin é vendido em algumas lojas de caça e pesca. Você pode optar pela forma de purificação que mais lhe agradar, eu tenho usado o Hisdrosteril.

Para ajudar a iniciar o fogo, algumas pessoas carregam apetrechos derivados do algodão, que é muito inflamável, outras pessoas carbonizam peças de roupas de algodão, eu gosto de ter comigo algumas pequenas tiras de câmaras de pneu ou até mesmo alguns pedaços de algodão acomodados em um vasilhame impermeável.

Alguns poucos anzóis de tamanhos variados e linha de pesca são ótimos e não ocupam espaço. A linha de pesca pode ser muito útil para auxiliar na montagem de uma cobertura improvisada para seu abrigo e na montagem de pequenas armadilhas. Eu gosto de levar alguns metros de corda de 1.5mm de polipropileno para auxiliar na montagem de um abrigo e também poderia ser útil na construção de armadilhas, para tanto, prefiro as cordas pretas, mais discretas. Uma corda pode ser útil para outras atividades que exijam mais resistência do que uma linha de pesca, sem falar na facilidade de fazer nós, que uma linha de pesca certamente não tem.

Cobertores de emergência são encontrados facilmente em lojas de caça e pesca, custam pouco, e além de aquecer, podem servir para fazer reflexos para orientarmos equipes de resgate distantes. Existem até mesmo sacos de dormir muito baratos e práticos feitos com o mesmo material. Você pode optar por ter um pequeno espelho em seu kit de sobrevivência para sinalizar com mais eficiência para equipes de resgate.

Caçar animais é crime ambiental no Brasil, mas em uma situação de vida ou morte, é interessante ter o material necessário para a sua subsistência, isto inclui cordas para armadilhas.

Lembre-se que a lista acima é apenas um exemplo. Adapte seu kit de acordo com suas necessidades e habilidades!

Quando no mato, carregue seu kit com você SEMPRE! Você nunca sai de casa para uma atividade mateira achando que as coisas darão errado, esteja sempre preparado para imprevistos.

Caso tenha sugestões, comente este artigo para enriquecer o texto com sua experiência.

O texto original foi publicado no dia 26 de setembro de 2011. Republiquei o vídeo em 22 de abril de 2013 para ilustrá-lo com o vídeo acima.

Conheça o canal Tocandira e inscreva-se hoje mesmo!

28 comentários para “Kit de Sobrevivência ou Kit de Emergência

  1. Leonardo Lima
    7 de janeiro de 2012 at 00:32

    Um pedaço de tripa de mico/Borracha de atiradeira também é uma boa pedida para incluir no kit de sobrevivência! A tripa de mico/borracha de atiradeira pode ser usada como canudo para alcançar água em locais difíceis, para se construir uma atiradeira e para montar armadilhas.

    • gasparello
      7 de janeiro de 2012 at 02:27

      O exemplo é do kit que carrego comigo, não incluo outro itens para não ficar muito volumoso ou pesado. Continue colaborando, suas dicas foram muito úteis!

  2. Leonardo Lima
    7 de janeiro de 2012 at 00:35

    Um saco de lixo grande pode ser usado como abrigo contra chuva e vento. O saco de lixo ocupa pouco espaço, e segundo um amigo que fez curso de sobrevivência, vale muito apena ter em seu kit de sobrevivência sacos de lixo de 200L!

  3. bk zero
    12 de janeiro de 2012 at 01:09

    acho que falto o cantil ou camisinha para improvisar um cantil , saco de lixo grande e no mais esta legal

    • gasparello
      12 de janeiro de 2012 at 10:13

      Não coloco cantil no kit porque, em minha opinião, ele geralmente é levado para o meio do mato juntamente com outros equipamentos. Este kit eu levo separado para usar realmente em caso de necessidade!

      Obrigado pelos comentários. Sempre é bom ter opiniões diferentes para sabermos o que outras pessoas gostam de usar!

  4. 18 de junho de 2012 at 23:46

    Se esse kit é quase pessoal… e independe da mochila (com outras coisas) está muito bom!

  5. Benin
    18 de outubro de 2012 at 12:27

    Sobreviver em situações adversas pressupõe-se que seja uma emergência, alguém vai procurá-lo, nesse caso um pequeno espelho ou uma chapinha de inox com um orificio no centro da mesma para sinalizar para uma aeronave ou uma distante equipe de resgate seria muito útil.

  6. Gilberto Garcia
    25 de março de 2013 at 13:26

    Que tal umas velas para iluminação e para ajudar a acender o fogo? Até materiais não muito secos pegam fogo debaixo de uma vela; é barato, leve e tem muitas utilidades alem das que descrevi.
    Um bom pedaço de plástico, desses comuns de baixa densidade que servem para forrar messas de hospitais, quebra um bom galho na hora de dormir sobre um chão encharcado, são leves e baratos.

  7. ronaldo faro cavalcantI
    29 de abril de 2013 at 01:26

    Tenho uma pequena sacola com os seguinte itens:
    em uma caixa pequena: anzol, linhada, chumbada, velas, fósforos, isqueiro, garfo e faca, bússola, luz química, canivete multi uso, sal, isca para fogo, coador de café, kit costura, espelho, clorin, apito, corda de nylon;
    caneca de campanha, suporte para aquecimento, marmita de campanha, alicate multi uso, cobertor térmico, garrafa com álcool, capa de chuva;
    06 pacotes de sopa para 200ml de água;
    04 pacotes miojo;
    Açúcar, café solúvel, mate ou chá em pacote;
    O peso fica entre 2 a 2,5k. e
    Pode ser acrescido, barras de cereais, arroz, carne seca já dessalgada e frita, linguiça defumada, alimentos de fácil cozimento.
    OBS.: os alimentos são sempre checados antes da pescaria, acampamento, trilha e passeios de aventura.

  8. mauricio arruda preuss
    14 de maio de 2013 at 17:07

    PURIFICAÇÃO DA ÁGUA: a OMS é clara ao afirmar que para se purificar água realmente é a fervura o meio mais eficiente, MAS, a água deve estar livre de partículas sólidas ou seja, ou decanta-se a água (longo período de repouso) ou algum outro meio de limpar a água das partículas sólidas antes da fervura. O segundo método pode ser feito de maneira fácil, leve e barata: filtro de café! Eu achei um pedaço de plástico resistente que tem a mesma forma do filtro para que ele não se desmanche quando colocar a água, e como se estivesse fazendo um café passo a agua pelo filtro diretamente dentro da caneca do meu inseparável cantil, ai sim levo ao fogo “somente” até o início da ebulição, deixo esfriar um pouco e ai coloco no cantil com o agente esterilizador (hidrosteril, iodo, etc). Segundo a OMS nenhum agente patogênico sobrevive a mais de 90°C dai o fato de deixar a água no fogo somente até o inicio da ebulição, especialmente se o fogo for oriundo de um fogareiro.

  9. mauricio arruda preuss
    14 de maio de 2013 at 17:28

    KIT DE SOBREVIVÊNCIA IDEAL: Ao se preparar um kit ele deve responder aos seguintes quesitos:
    1)DESLOCAMENTO ou navegação,
    2)PROTEÇÃO,
    3)ALIMENTAÇÃO (como obtê-la),
    4)ABRIGO,
    5)FOGO,
    6)SINALIZAÇÃO,
    7)PRIMEIROS SOCORROS.
    Como já foi dito acima adaptaremos cada item ao tipo de ambiente que iremos e como normalmente deveremos carregar tudo isso nas costas o ideal é adquirir itens polivalentes (faca=proteção + construção de abrigo + preparação de alimentos + etc)de maneira a diminuir o peso. Tenho um kit que levo sempre comigo quando saio para “trabalhar” (sou piloto de helicóptero)e sempre checo os sete itens acima antes de fechar a mochila assim tenho certeza que nada faltará até o resgate. Terei prazer em mandar algumas fotos caso seja possível. Bom dia a todos.

  10. mauricio arruda preuss
    14 de maio de 2013 at 17:30

    esqueci: considero o item ÁGUA na parte de alimentação, mas não esqueci dela não!

  11. Márcia L. P. Pinho
    16 de agosto de 2013 at 12:51

    Gostei muito do site.Parabéns!

  12. Maria Eduarda Pinha
    25 de outubro de 2013 at 04:10

    teve uma trilha que eu fui com um grupo de mais ou menos 37 pessoas,e era noite e nós nos perdemos no meio da trilha,mais conseguimos nos localizar rapidamente.oque poderiamos ter feito nessas horas?

    • José Luciano Gasparello Filho
      25 de outubro de 2013 at 07:09

      Aprenda a usar uma bússola. Mesmo à noite é possível utilizá-la. E andar por trilhas, à noite, não é algo nada seguro e difícil até mesmo para pessoas experientes. Melhor planejar melhor seus passeios e não levar ninguém se não tiver conhecimento para isso. Colocar outras pessoas em risco por falta de habilidade do guia é algo muito sério.

  13. Daniel
    6 de novembro de 2013 at 06:19

    Muito bom vou iniciar o meu kite a manha mesmo

  14. Gilberto Garcia
    8 de dezembro de 2013 at 12:26

    Utilizar uma bússola é difícil em terrenos acidentados, lembrem-se que ela aponta em um sentido, não na direção de um objetivo; visto que você terá que andar em zigue-zague, pois terá que se desviar de obstáculos naturais, fica impossível achar um local, pois a bússola não te dá a direção de uma posição e sim um rumo genérico.
    Por exemplo: pegue uma bússola na mão e, mesmo estando na sala de sua casa poderá notar que se andar de lado o ponteiro sempre indicará a mesma direção, ou seja, se você andar para os lados não vai encontrar o destino mesmo seguindo à risca a direção que a bússola indicar, e andar de lado na mata é muito comum.
    Se você tiver um smart fone terá também um GPS, basta instalar um programa, que é gratuito, e ficará bem acompanhado em qualquer situação, eu uso o ACHE-ME, que é brasileiro e muito bom, pois não depende de mapa ou ligação com a internet.

  15. Francis
    25 de dezembro de 2013 at 14:37

    Gilberto Garcia, tem uma vídeo aqui no Tocandira ensinando a usar a bússola. Utilizando os pontos de referência e anotando o azimute é possível encontrar seu destino em qualquer tipo de terreno, sendo ele irregular ou não. Comprei uma bússola bem similar á descrita no artigo por 20 dinheiros.

    http://blog.tocandira.com.br/sobrevivencia/como-usar-uma-bussola/

  16. André Mazzochi
    14 de agosto de 2014 at 03:19

    Algo legal que artendi nos tempos de quartel é impermeabilizar os palitos de fósforo com parafina!
    Basta banhar os palitos na parafina e depois retira-los para secar!

    Abraços e muito bom este vídeo!

  17. abilho
    2 de fevereiro de 2015 at 04:46

    recomendo pregos..sao mto uteis

  18. Claudio
    14 de maio de 2015 at 18:08

    Caro Luciano

    Após preparar o kit de emergência onde e quando ele está contigo. Eu pretendo montar e carregar o meu em um compartimento na bainha da faca, que sempre está comigo. Isto está correto? Quando carrega-lo e onde?

    Abraço e obrigado

    • José Luciano Gasparello Filho
      15 de maio de 2015 at 08:35

      Está comigo sempre que vou para ambientes naturais. Ele não serve apenas para sobrevivência e pode ser útil algumas vezes em situações corriqueiras. Você nunca sabe quando vai precisar, por isso é bom levar. A mesma coisa com o kit de primeiros socorros.

  19. Cássia
    24 de abril de 2016 at 17:20

    Realmente muito bom o site, e em relação aos kits são bons, e com os elementos essenciais.
    Abraço e obrigada pelas dicas.

  20. Daniel Vera Cruz
    26 de fevereiro de 2017 at 20:36

    Muito bom o site e o seu kit. Apenas uma sugestão que utilizo e acho muito útil, é a VELA…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing