Impressões sobre a Carabina de Pressão Gamo Hunter 440 5,5mm


Atiro como uma Gamo Hunterr 440 5,5mm já há alguns anos. É uma carabina boa, bonita, precisa apenas o suficiente para diversão. Todos os fóruns de discussão elogiam os modelos Gamo, mas particularmente, achei que peca um pouco no acabamento. Muitas peças plásticas, e no caso das partes em madeira de lei (sabe Deus o que é considerado madeira de lei na Espanha), já percebe-se a falta de capricho. Em algumas partes visíveis, porém internas, próxima à alavanca da arma, existem muitas farpas, a madeira é leve, porém frágil, qualquer esbarrão é um risco novo em sua carabina nova. A madeira utilizada na CBC Montenegro passa a impressão de ser muito superior.
Não podemos esquecer que, na Espanha, estas carabinas são populares, baratas, e somente no Brasil, com poucas opções, é que elas se tornam um pouco mais desejadas e caras devido às taxas de importação, atravessadores, etc.
Não deixa de ser uma boa carabina, com precisão suficiente para diversão. Mas não esperem acabamento fora de série. Lado-a-lado de uma CBC Montenegro, alguns até arriscam dizer que o acabamento da carabina nacional é melhor, mas na hora de atirar, a diferença de desempenho é melhor no modelo Hunter 440. Em minha opinião, esta diferença se faz mais em relação ao gatilho superior dos modelos Gamo (que também não são nenhuma maravilha, ainda assim, superiores). Mesmo com o gatilho e mola originais, a Gamo Hunter é uma arma levemente superior às CBCs Montenegro nacionais. Mesmo assim, pelos preços absurdos devido às taxas de importação, não vale a pena o gasto para atirar em latas. Eu costumo utilizar a minha em outras atividades e estou muito satisfeito. Para diversão em latas e afins, prefira os modelos nacionais.
Outra coisa que não gostei foi a massa de mira plástica e sem proteção alguma, fica difícil acondicionar a arma em uma bolsa simples, pois algum esbarrão mais forte pode danificar a peça plástica que segura a fibra ótica. No mais, o aparelho de pontaria é muito satisfatório em condições de boa luminosidade. A alça de mira tem um sistema de ajuste manual, porém sem marcações numéricas, mas uma vez que ajustei minha carabina, em 1 ano de uso e com aproximadamente 2.000 tiros, não precisei refazer qualquer ajuste.
Devo admitir que meu descontentamento com a arma é mais em relação aos preços praticados pelo mercado brasileiro, pois se pagasse os preços europeus, o custo-benefício seria perfeito.
Sou muito crítico para que as pessoas conheçam realmente o que vão levar, mas não deixaria de comprar esta arma novamente e já estou planejando a compra de uma segunda carabina, desta vez de 4,5mm, para praticar mais e economizar nos preços dos chumbinhos. Vou deixar a Gamo Hunter 440 de 5,5mm para algumas atividades mais particulares.
Apesar de alguma falta de capricho do projeto da Gamo Hunter 440, como o excesso de peças plásticas (que o fabricante fala ser uma vantagem em relação ao peso, e talvez realmente o seja), e a madeira ruim, tenho passado ótimos momentos de diversão, e prefiro a Gamo Hunter à CBC Montenegro, que também é uma boa arma para brincadeira com latas, talvez a mehor relação custo-benefício no mercado nacional.

Abaixo, um vídeo onde mostro uma Gamo Hunter 440:

Tags: , ,

27 Responses to Impressões sobre a Carabina de Pressão Gamo Hunter 440 5,5mm

  1. alexandre on 8 de janeiro de 2012 at 4:55 PM

    Cara… sou fã da Hunter 440!!! Porém tenho uma preferência pelo 4,5mm…rs… mas isso é apenas questão de gosto pessoal…

    Não sei se sabe, mas na última prova do papel 10m da CBTE (final 2011), o vencedor foi o bahiano chamado Eduardo Cordeiro de Farias, utilizando uma Hunter 440, atingindo 292 pontos (de 300 possíveis) deixando p trás muitas slavias, HW e outras consideradas TOP… no geral parece que ele terminou em terceiro lugar com 290 pontos, apenas 2 atrás do primeiro colocado!!!! (http://www.cbte.com.br/template_relatorio.php?pagina=/intra_site/relatorio/ranking.php&prova=22&nome_relatorio=ranking&cabecalho=S)

    o equipamento conta muito, mas a escolha do chumbo ideal p determinada carabina e o entrosamento atleta-equipamento são fundamentais…

    As Hunter antigas são todas em aço, sendo que a troca de peças por plástico p aliviar o peso foi muito criticada por diversos atiradores… alguns dizem que não interferiu, porém penso que ferro atritando com ferro já é desgastante, então ferro atritando com plástico deve ser pior.

    Uma opção no lugar das Hunter 440 seria a Crosman Phantom (tenho uma e gosto muito) que é produzida na china, assim como suas demais irmãs, a BAM 19-18, Stoeger X-20 e algumas das novas carabinas da CBC que são todas chinesas. Porém como são cópias, elas podem ser produzidas todas pela mesma fábrica e, provavelmente são iguais entre si. Porém a Gamo já é produzida na espanha, consequentemente apesar do mesmo mecanismo, deve ter um cano diferente que provavelmente pode ser um pouco superior…

    Em provas de papel 10m, uma boa opção parece ser a CBC 6102, que parece ter ótima precisão e ficar muito boa com o alívio do gatilho…

    Abraço a todos!

    Alexandre

  2. gasparello on 8 de janeiro de 2012 at 5:57 PM

    Eu era fã da Hunter até atirar com a minha nova Weihrauch HW57 e com a AA TX200 do Cyntra! São armas fantásticas, muito diferentes de todas as outras. Se um dia puder adquirir uma arma dessas, você vai adorar! Qualquer dia desses vou publicar as avaliações em vídeo.

  3. alexandre on 9 de janeiro de 2012 at 6:04 PM

    Cara… aí vc jogou sujo!!!… rs… estamos falando em carabinas mais acessíveis… rs… HW e TX são perfeitas, sendo que a TX é linda!!!! Pretendo adquirir bem futuramente uma HW50s… Vamos ver no que vai dar… fico no aguardo das suas avaliações sobre as carabinas!!!
    Abraço!

  4. gasparello on 9 de janeiro de 2012 at 6:13 PM

    Dá uma olhada no email que te enviei. Dá pra perceber o brilho nos meus olhos quando falo da HW57!!!

  5. Adilson Oberleitner on 15 de março de 2012 at 11:02 AM

    Gasparello, de antemão já agradeço pelo site, pois tem sido de excelente utilidade para os amantes do tiro esportivo. Parabéns! Acerca da Gamo Hunter 440, é triste ver o déficit do Brasil quando se fala em carabinas um pouco mais requintadas, diria. Quando se encontra algo interessante, o custo, devido à desmedida tributação, é muito alto. Encontrei essa Gamo Hunter IGT Gas Ram .22, em um site inglês. O preço informado é de 259.99 euros. Uma pechincha se comparado com outras inferiores no Brasil. Não encontrei a Hunter 440 na loja, mas deve girar em torno disso. Quero adquirir uma com gás ram. Tem alguma dica? Algum site confiável? Abração!

  6. maicon on 13 de maio de 2012 at 9:18 PM

    ai Pessoal a Hunter 440 qual velocidade inicial potencia Baixa Media alta ..160 ,180, 223, 252 M sg..

  7. Éder on 16 de maio de 2012 at 12:11 AM

    Boa noite!
    Comprei uma carabina GAMO HUNTER 440 4,5 a pouco tempo, achei muito bunita e bem acabada porem um defeito que achei é o gatilho um pouco duro, no video é sitado a troca por um esportivo, conseguiria uma boa melhora trocando? qual o mais indicado? e aonde encontro para comprar? PARABÉNS PELO SITE obrigado Éder

  8. gasparello on 16 de maio de 2012 at 10:48 AM

    Procure por Firelizard. Este é o nome do gatilho. Se não tiver experiência para mexer com carabinas, é melhor contratar um armeiro para fazer a troca.

  9. Marcos Talina on 17 de maio de 2012 at 5:17 AM

    Ola, achei suas observações muito válidas para alguém como eu, por favor tenho dúvidas em comprar uma Hunter 440-4,5 ou uma CF-30 ambas da Gamo, acho que são excelentes porém procuro precisão. Poderia me ajudar?

  10. gasparello on 17 de maio de 2012 at 12:59 PM

    A CF-30, pelo sistema de cano fixo, tende a ser mais precisa.

    Abraço

  11. alexandre on 31 de maio de 2012 at 3:05 AM

    acho que a CF-30 está saindo de linha e o sistema de municiamento é uma janelinha que se levanta, prejudicando a utilização de lunetas grandes… se tiver um pouco a mais, tenta a CFX ou CFX Royal que penso ser bem mais precisa e a diferença de preço não será tão grande…
    Carabinas que copiaram o sistema da Hunter foram a BAM B19-18, Stoeger X-20, Kral, Phantom e as novas CBC’s importadas da China (B19s – polímero; B19-14 – madeira; B19-17 – thumbhole)… tenho uma Phantom e, infelizmente a Rossi não importa mais essa carabina… mas vejo vantagem então nas CBC’s por contarem com garantia fácil da CBC e preço muito atrativo (ótimo Custo x Benefício), principalmente a 19s e 19-14… a 19-17 é um pouco mais cara, porém é uma delícia de carabina…
    Abraço!
    Alexandre

  12. Marcos Talina on 31 de maio de 2012 at 3:36 AM

    Obrigado, ajudou bastante na escolha.

  13. Marcos Talina on 19 de junho de 2012 at 10:21 PM

    Boa noite, obrigado pelas orientações quanto a compra da minha nova espingarda, já possuo uma Dione da Rossi, maravilhosa, uma Hatsan tremenda e depois da consulta que fiz nesse blog acabei por me dessidir pela Hunter 440-4,5. Exelente para tiro desportivo, a considerei muito precisa, porém reparei que a caixa de culatra é de polímero (plástico). Ao pesquisar descubri que se trata de um material de alta resistência, poderiam me orientar sobre essa peça da Hunter?? Será que apresentará algum tipo de fragilidade? Condesso que me assustei. Obrigado.

  14. José Luciano Gasparello Filho on 20 de junho de 2012 at 11:19 AM

    A minha Hunter tem centenas de disparos, quiçá, milhares. Nunca tive problemas com as peças plásticas.

  15. Ademilson on 20 de junho de 2012 at 5:27 PM

    Boa Tarde…estou interessado na Carabina de Pressão Gamo Whisper X 5,5 mm Com Luneta 4 x 32 WR…..o que você acha desta? é uma boa carabina?
    estou quase comprando!

  16. Bocardo on 29 de junho de 2012 at 2:27 AM

    Quando vi a Hunter 440 no site da Taurus me apaixonei a primeira vista. Isto foi em 2001, porém não tinha os R$ 600,00 que me pediram. O preço para mim apareceu assustador. Em 2006 estive no Uruguai e concretizei meu sonho. Adquiri uma cal 5,5 mm já por R$ 750,00, quando por aqui estava pelo dobro do que paguei. Atirei muito com ela, talvez 8000 tiros. Arma excelente, pois apesar do uso atingia 200 m/s medido em cronórafo Crony. Infelizmente a fim de pegar um PCP da Hatsan a dei no negócio. Porém foi uma arma que deixou saudades, um grande sonho de consumo realizado.

  17. Bocardo on 29 de junho de 2012 at 2:39 AM

    Excelente vídeo bem como a tunagem que fizestes (Gatilho firelizard e gaz RAM). Como você prefiro o clássico: peças em metal e coronha de madeira. A minha era o modelo antigo com o mecanismo todo em metal.

  18. Paulo Martini on 26 de agosto de 2012 at 3:43 PM

    Caro Gasparello ! Estou pesquisando carabina pressão 5.5mm para minha primeira compra.Primeiramente pensei numa Dione Rossi,mas acho a linha montenegro melhor,e pesquisando um pouco mais,os modelos da Gamo,além de muito bonitos,tenho obtido ótimas referências,exceto das:SOCOM 1000 TATICAL 5.5MM, WHISPER X 5.5MM, CFR 5.5MM. Já faz algum tempo que não pratico tiro,mas tenho boas noções de manuseio,e também de cuidado e segurança.Ficaria muito agradecido se você pudesse me ajudar com algumas dicas para esta compra.Desde já agradeço,e parabenizo pelos vídeos que sempre nos ajudam muito. PAULO MARTINI.

  19. Marcelo Tette on 18 de fevereiro de 2013 at 1:16 AM

    E aí gasparelo, tudo bem ?
    Me interessei pelo assunto de tiro esportivo a pouco tempo, e após pesquisar em seu site e em outros foruns como carabinas de ar e airgun, finalmente comprei a tão sonhada carabina.
    Estes tópicos me ajudaram bastante, levei muita coisa em consideração, tanto opiniões pessoais, como relatos técnicos.
    Comecei pensando em uma Gamo Shadow 1000, minha primeira mudança foi para a Hunter 440.
    Após descobrir que a Bam tinha um modelo espelhado na hunter, passei a pensar na propria B19-18.
    Lí uma matéria de um atirador veterano, que dizia da importancia de pelo menos pegar na arma antes de comprar, aquela coisa de aprovação mútua, entre arma e atirador. Fiz isso, tive oportunidade de pegar em alguns modelos, e não teve jeito, quando empunhei a Hunter foi diferente, Os detalhes na madeira, adorei a mira dela, o gatilho super suave, não teve jeito acabei comprarndo, memso sabendo que o conjunro do cano ( Trava ) esta vindo em polímero e não metal.
    Por enquanto estou super satisfeito.
    Valeu!

    Marcelo Tette

  20. José Luciano Gasparello Filho on 18 de fevereiro de 2013 at 11:18 AM

    Caro Marcelo,

    Não se desapontará. Depois de alguns anos com esta carabina, só tenho alegrias!

    Abraço

  21. rogerio on 1 de março de 2013 at 8:08 PM

    Grande guru das carabinas! Estou numa dúvida cruel, pois, quero comprar uma carabina forte e não consigo chegar na solução tanto no calibre quanto na marca, o que você me indicaria? Tenho um Rossi 4,5mmm de 36 anos que funciona muito bem até hoje, mas, estou na dúvida sobre Hatsan 150 4,5 ou 5,5 ou Nitro 1300 4,5mmm ou Gamo.

    Parabéns pelo saite e pelos vídeos.

  22. José Luciano Gasparello Filho on 3 de março de 2013 at 5:56 PM

    Caro Rogério,

    Obrigado por prestigiar o Tocandira!

    Tenho como política pessoal não me envolver na escolha das carabinas dos leitores. Recebo muitas mensagens perguntando a respeito. Prefiro escrever e publicar vídeos sobre o assunto para dar subsídios ao leitor de escolher seu próprio equipamento.

    Abraço

  23. Juan Bueno on 11 de março de 2013 at 1:44 AM

    Olá Gasparello, tudo certo?
    Estou pesquisando para a compra da minha primeira caraina.
    Busco precisão para longas distâncias, levando em conta a velocidade de saída do chumbinho (+/- 400 m/s) acredito que a CBC Nitro-X 1300 4,5 mm, seja uma boa opção. Porém, li que o impacto/recuo desta arma é alto, mesmo sendo com mola gás, e que não recomenda-se o uso de lunetas, pois quebram. Se isso for fato, a potência maior desta carabina não reflete a precisão a longa distância, certo?
    O que você diria sobre a precisão e qualidade desta carabina?
    O que você acha da Gamo Hunter 440 comparada a Nitro-X 1300, considerando que ambas tem +/- o mesmo preço?
    Muito show este blog, parabéns mesmo!
    Abraços.

  24. claudio bubula on 20 de agosto de 2013 at 3:54 PM

    Olá Gasparello. Gostaria que você esclarecesse melhor a respeito das qualidades e eventuais defeitos da carabina HW 57 (cal. 5,5)e, se possível fazer uma comparação com a Cometa Fusion Premier. Por fim, saber da possibilidade/conveniência de instalação de gás ram na HW 57.
    Obrigado.

  25. José Luciano Gasparello Filho on 20 de agosto de 2013 at 6:10 PM

    Não vejo necessidade de gasram ou qualquer modificação na HW 57. Não conheço de perto a Fusion para comparar.

  26. Sergio on 17 de novembro de 2013 at 3:52 PM

    Gasparello adquiri recentemente uma hw 57 tenho curiosidade
    Sobre a questão de desmontagem e montagem deste modelo
    vi alguns videos no YouTube mas nada especificamente
    que mostrasse como se faz passo a passo.

    Att Sérgio

  27. Tchê Buss on 21 de novembro de 2013 at 11:10 PM

    Olá amigos, gostaria de deixar aki meu simples comentário e humilde opinião sobre a GAMO HUNTER 4.5 (bloco de plastico). tenho uma há 1 ano ou um pouco mais, participo de competições com ela, o melhor chumbo até hoje que ela gostou foi o ROSSI MACTH, atiro com ele. Minha media são 186/187 em uma máximo de 200, já cheguei a fazer em competição 192 com ela. É uma carabina muito boa, lógico que não excepcional como as HW´s da vida. Pro meu tamanho 1,90m tem um tamanho bom. Só largo da minha hunter pra pular pra uma HW, e ainda assim deixo ela na estande pois ela é linda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*