Teste da Assistência Victorinox

Enviei um canivete meu para a assistência da Victorinox. No geral gostei, mas não ficou perfeito e fiz uma crítica ao final do vídeo. Muitos disseram que a culpa foi minha, porque eu deveria ter aceitado a sugestão de troca de talas feita pela Victorinox devido a uma má-fixação da caneta que comprei com a assistência. Esclareço desde já, porque cansei de responder a mesma coisa. Minha caneta antiga sempre foi bem fixada, tal qual a pinça e o palito ainda o são. Perdi a caneta no mato, devido a um tira-e-põe do canivete no bolso. A caneta deve ter roçado no bolso e caído. Nunca tinha ficado solta na tala, mesmo porque não a utilizada. Uma caneta nova deveria ficar perfeitamente fixada nesse ponto de vista, uma vez que os espaços não estavam gastos. E se eu trocasse as talas mas não trocasse a pinça e o palito, eles continuariam bem fixos nas talas novas? É difícil dizer, mas tem muita gente que parece entender bastante do assunto. Pode ser que eles estejam certos, no entanto, eu não daria um braço pela veracidade dessa informação. De qualquer forma, eles sugeriram a troca de talas, mas não disseram que era para a melhor fixação da caneta. Este texto foi só para evitar ter que falar a mesma coisa um zilhão de vezes para pessoas diferentes. Acompanhe no vídeo!

5 comentários para “Teste da Assistência Victorinox

  1. Carlos Eduardo Gomes
    26 de agosto de 2016 at 18:17

    A garantia não é vitalícia?. No que comprei vinha descrito isto.

  2. Antonio Carlos Perezzani
    26 de agosto de 2016 at 22:11

    Tenho um para uma pequena reforma…entortei a serra! Vou pensar!

  3. CS
    12 de setembro de 2016 at 17:58

    Não é a melhor solução do mundo, mas você pode “entortar” um pouco a caneta. Com a flexão ela deve ficar no lugar… Já fiz isso com o alfinete no meu… Esse é o Swisschamp que você tinha perdido?

  4. Denis
    17 de setembro de 2016 at 13:30

    Cara, sua crítica sobre a caneta procede, embora esse tipo de problema seja mais frequente com os palitos de dente. Acontece que a marca tem uma monte de fanboys que acham que a empresa é perfeita, e se você criticar é porque é um desqualificado.
    Certa vez entrei em contato com a assistência técnica da Victorinox solicitando as talas para que eu mesmo efetuasse a troca (algo quase tão simples quanto trocar uma lâmpada) assim eu faria economia com frete e mão de obra. Eles se recusaram a enviar as peças. Pelo menos aqui no Brasil, são muito burocráticos.

  5. Giani Carpi
    25 de setembro de 2016 at 16:08

    Canetas podem ser fixadas ao canivete Victorinox usando-se esmalte de unhas incolor. Inserir a caneta no canivete e fixar com uma gotinha (bem pouco mesmo!) entre a parte de cima da caneta (material plástico de cor cinza) e a tala. A caneta não cairá mais. Cada vez que se for usar a caneta é necessário colar de novo. Não vejo um problema nisso, pois considero a caneta um ítem a ser usado em caráter emergencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing