Qual Binóculo Comprar?

Como Escolher um Binóculo?

Existem muitas marcas e modelos de binóculos, mas se você souber de alguns detalhes, poderá fazer uma boa escolha por conta própria! Um binóculo é basicamente composto de duas lunetas, ou dois cilindros. A ideia é que você possa ter uma imagem tridimensional dos objetos ou paisagens visualizadas, tal qual acontece com a visão humana.

As lentes maiores são as objetivas, que captam a imagem, invertendo-a. Quanto maior as lentes objetivas, mais luz irá entrar no sistema, tornando o equipamento mais eficiente, por outro lado, mais pesado será seu binóculo.

Lentes objetivas de um binóculo

Dentro de cada cilindro do binóculo existe um prisma que ajusta a imagem e a devolve para a posição original. As lentes menores, chamadas de oculares, são as lentes que utilizamos para visualizar as imagens do equipamento.

Lentes oculares de um binóculo

Binóculos precisam ter elementos para o ajuste de foco da imagem. Certifique-se que o modelo que você pretende comprar tem o disco de focalização central e o ajuste de dioptria. Já mostrei como fazer a regulagem em outro artigo.

O disco de focalização central.

Ajuste de dioptria.

O que significam os vários números impressos nos binóculos?

Fator de aumento e o tamanho das lentes objetivas
Um binóculo que apresente os números no formato 7X35, indicam que a magnificação, ou fator de aumento, é de sete vezes, e as lentes objetivas têm o diâmetro de 35mm. Podemos tomar como outro exemplo os números 8X21, aonde o fator de aumento será de oito vezes e o diâmetro das lentes objetivas será de 21mm, ou seja, estamos falando de um binóculo menor.

No detalhe: o fator de aumento X o tamanho das lentes objetivas.

Pupila de saída

Um bom critério de desempate na hora de escolher binóculos com características semelhantes é dividir o número que corresponde ao tamanho das lentes objetivas pelo fator de aumento. Vamos tomar como exemplo os primeiros números apresentados: 7X35. Ao dividirmos 35 por 7 obtermos como a dimensão da pupila de saída como sendo de 5mm. Quanto maior este número, maior a claridade de sua imagem, por outro lado, um ser humano possui um tamanho de pupila variável que não é maior do que 4mm em locais bem iluminados, nem maior do que 9mm em locais escuros. Valores de pupila de saída muito altos não farão diferença na visualização da imagem, mas poderão serem melhores opções para visualizar imagens em locais escuros.

Campo de visão

Outros números que podemos comumente encontrar são aqueles que indicam a área do campo de visão. Estes números podem ser expressos tanto em jardas como em metros. Um equipamento que apresente os números 160m/1000m, indica que ele é capaz de obter imagens com uma largura de 160m em uma distância de 1000m. Quanto maior o ângulo de visão, maior a imagem que conseguiremos visualizar, então, para um binóculo que apresente um campo de visão de 128m de largura por uma distância de 1000m, estaremos diante de um binóculo com um ângulo de visão inferior ao do primeiro exemplo (o de 160m/1000m).

Revestimento das lentes

A maioria dos binóculos possuem algum tipo de revestimento nas lentes para evitar a reflexão da luz, diminuindo a perda de nitidez na imagem visualizada. As lentes podem ter revestimento simples, multi-camada ou completos. Estes termos são apresentados em inglês como coated, multicoated ou fully coated lens, respectivamente. No último caso, você terá todas as superfícies das lentes e até mesmo os prismas revestidos. Geralmente, as lentes revestidas possuem uma coloração azulada. Lentes com a coloração vermelha, na maioria das vezes, nada têm a ver com binóculos infravermelhos, mas servem para esconder a baixa qualidade das lentes. Binóculos infra-vermelhos precisam, além do conjunto ótico, de um conjunto eletrônico e de baterias para funcionarem. Neste caso, muito cuidado para não se empolgar e comprar gato por lebre.

No detalhe: o campo de visão e o tipo de revestimento.

Dicas importantes

Se você usa óculos, é melhor escolher binóculos com lentes oculares maiores, porque existe uma distância mínima a ser observada entre a posição dos olhos e a posição das lentes oculares.

Binóculos com um fator de aumento muito grande, maior do que 10, podem não trazer imagens estáveis, então você provavelmente irá precisar de um tripé para conseguir usar a contento seu equipamento. Da mesma forma, quanto maior a magnificação (ou fator de aumento), mais escura será a imagem. Então, se você precisar de uma imagem mais nítida, prefira fatores de aumento menores. Para observação de aves e plantas, eu gosto bastante de binóculos com fator de aumento entre 7 e 8, com objetivas de 35mm. É um equipamento de tamanho médio.

Caso você tenha muitos equipamentos para carregar na mochila, talvez seja interessante escolher um binóculo menor, mais leve, e com lentes objetivas menores, com por exemplo, de 21mm. Estes equipamentos menores também são mais interessantes para você não se cansar caso tenha que carregar os binóculos por muito tempo.

Existem dois tipos de primas para binóculos. Os mais comuns são os prismas Porro, que permitem uma melhor percepção de profundidade. Você reconhece um equipamento com primas Porro pelo desalinhamento entre as lentes objetivas e oculares. Perceba isso na foto aonde mostro o disco de focalização central. Temos também prismas Roof, aonde é empregada mais tecnologia e os cilindros são retos como lunetas. Não saberia dizer qual o melhor, mas os prismas Roof permitem a fabricação de equipamentos mais leves e compactos.

Prefira prismas com vidro ótico BaK-4, de melhor qualidade e performance ótica do que vidros BK-7, mais baratos.

Os binóculos que mostrei são da marca Tasco. Em outros artigos disponíveis na Internet, algumas pessoas argumentam que são binóculos de média para alta qualidade, enquanto a marca Bushnell, de média para baixa. Os melhores, segundo alguns artigos que li, seriam das marcas: Fujinon, Zeiss, Steiner e Nikon.

Aprenda também:

8 comentários para “Qual Binóculo Comprar?

  1. cleiton
    25 de abril de 2015 at 12:08

    Valeu Gasparelo! Ajudou bastante!

  2. 28 de abril de 2015 at 07:44

    Me interesa este tema

  3. Rafael Oliveira
    28 de abril de 2015 at 15:11

    Olá amigo, bem didático seu post. Parabéns.

    Estou pensando em comprar uma Nikon 7X50, pois penso tanto em observar natureza e paisagens urbanas, quanto astronomia básica também… Não sei, como uso óculos seria importante ter uma abertura maior também…

    Tem algum modelo que recomenda? Estou com dificuldade de encontrar essa marca com tais especificações em lojas, somente pela internet uma ou outra… VocÊ conhece algum canal seguro para compra?

    Grato.

    Rafael F. de Oliveira

    • José Luciano Gasparello Filho
      28 de abril de 2015 at 16:18

      Caro Rafael,

      Não conheço os melhores binóculos de perto, só citei algumas marcas a partir de leituras que fiz para elaborar o artigo. Só conheço de perto os dois Tascos que usei para fazer o vídeo e o modelo Pelicano, vendido pela Náutika.

      Vi alguns binóculos para vender no site da loja A Cutelaria. Conheço o dono pessoalmente, a loja é confiável. Só não sei se ele trabalha com muitas marcas.

      • Anthony Dimitriou
        4 de março de 2016 at 00:59

        Boa noite. Estou em dúvida entre dois modelos, o pelicano da Nautika7x50 e um Shilba 7×50. Os dois estão com preços bem atrativos, Vc saberia me dizer qual é melhor? Vou usar para astronomia. Obrigado

  4. Alexandre Faustini
    27 de agosto de 2015 at 02:43

    Olá boa noite,

    Possuo um binoculo da marca TASCO, onde se lê no lado esquerdo a medida de 7x35mm e no lado direito 500FT/1000 YDS
    166m/1000m. gostaria de saber se este binoculo é bom e se fiz uma boa aquisição. no mais obrigado pela atenção,e onde posso encontrar um manual de leitura de bulsola.

  5. Haroldo Meyer
    6 de fevereiro de 2016 at 21:07

    Quando vou acampar e dependendo do local, eu tenho dois tipos de binóculos: um, da marca Bushmaster tipo 1225 que possui lentes de 25 mm e aproximação de 12x. Este binóculo é bastante compacto, leve e possui uma ótima visão em função da qualidade de suas lentes. A segunda opção é um binóculo da marca Tasco modelo 198RSZ -Compact Zoom. Como o nome indica, ela possui a opção de zoom de 8x até 17x. Apesar de não ser tão compacto como o anterior proporciona um maior “range” de visão.

  6. Erick Tamberg
    24 de fevereiro de 2016 at 21:09

    Se tiverem sorte, procurem por binóculos militares antigos. Muitas vezes, são encontrados por preços razoáveis. Talvez se tenha algum gasto para mandar ajustar e limpar, mas o custo compensa.

    Encontrei um binóculo italiano da marca “Marte” (8×30) fabricado pela empresa Filotecnica de Milano em um bazar beneficente. Paguei a bagatela de R$ 50,00. Depois descobri, pelas marcações, que ele foi produzido antes de 1939. O técnico que o ajustou e limpou me informou que ele é idêntico aos Zeiss alemães, mudando apenas os timbres. Gastei R$ 240,00 com a manutenção.

    Ele ainda veio sem estojo. Pelo Ali Express importei um estojo de binóculo de excedente militar do exército chinês. Serviu perfeitamente.

    Nenhum binóculo mais moderno que possuo chega aos pés desse em qualidade – e, às vezes, custam tanto quanto eu investi nesse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing