Meu carnaval não foi o mesmo de sempre!

Nos carnavais do últimos cinco ou seis anos, sempre fugi para a região rural do noroeste de minas, seja para ficar deitado na rede sem fazer nada, seja para andar no meio do mato. Com a retomada da vida universitária, resolvi ficar em Brasília para estudar e aproveitar os parques daqui. Conheci o Parque do Guará e retornei ao Jardim Botânico de Brasília para conhecer novas trilhas e estradas do local. No início do ano eu tinha ido lá para tentar completar a Trilha Ecológica, e não consegui. Pretendo voltar várias vezes para conhecer todas as trilhas disponíveis. Para quem gosta de mato, é um dos melhores locais de Brasília, apesar da sinalização precária. Não sou um grande fã de zoológicos, mas também fui até o Zôo de Brasília para conhecer mais sobre serpentes.

Quanto à faculdade, aproveitei o feriado para adiantar os estudos de biologia celular, evolutiva e sistemática biológica. Por enquanto, estou conseguindo levar a faculdade e trabalho mantendo uma boa qualidade de estudos. Para isso, preciso aproveitar todo o tempo livre para não deixar que as tarefas se acumulem! Quem sabe eu consiga incluir muito do que estou aprendendo no meu site e canal.

Ah, já ia me esquecendo! Meu carnaval nos últimos anos tinha sido assim.

O tigre de bengala. Num dos poucos momentos de atividade.

 

Parque Ezechias Heringer, no Guará.

6 comentários para “Meu carnaval não foi o mesmo de sempre!

  1. Carlos Frederico
    19 de fevereiro de 2015 at 01:45

    Parabéns, Gasparello!

    No dizer popular: “Cai pra dentro e manda ver…”

    Abraço,

    Carlos

  2. Maria Clara
    19 de fevereiro de 2015 at 16:39

    É isso aí Gasparello, estamos torcendo por você! A biologia é incrível, e que você tenha mais passeios educativos e revigorantes como estes! Abraço, Maria Clara.

  3. TiagoTriga
    4 de março de 2015 at 21:09

    Legal! Você está fazendo bacharelado ou licenciatura?

  4. Marcony Bispo
    11 de março de 2015 at 22:57

    Boa, Gasparello! Meu carnaval foi acampando na Serra dos Cocais, na região do Vale do Aço em Minas. Ainda tô começando nas artes mateiras, mas ja pus em prática muitas coisas que aprendi aqui com você.
    Parabéns pelo trabalho e sucesso no seu curso. Abraço!

    • José Luciano Gasparello Filho
      11 de março de 2015 at 23:02

      Obrigado pelo incentivo!

  5. Felipe Paz
    20 de fevereiro de 2016 at 00:13

    Noroeste de Minas é o máximo!!!
    Unaí e redondezas principalmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing