Les Stroud (Survivorman) e Bear Grylls (Man Vs. Wild – À Prova de Tudo)

A Discovery Channel transmitia um programa onde um homem tinha que sobreviver por sete dias num lugar inóspito com o mínimo de ferramentas ou mantimentos. Era o músico canadense Les Stroud no programa Survivorman. Não tenho certeza, mas talvez algumas reprises ainda sejam exibidas. A série não é mais produzida. Les Stroud filmava tudo sozinho, às vezes tinha como auxílio para o fogo dois palitos de fósforo, outras vezes uma pederneira, e vez ou outra fazia fogo por outros meios. Ele costumava carregar um faca, uma ferramenta multiuso e uma gaita de boca, outros acessórios eram mínimos. Foi muito interessante como ele mostrou por durante vários programas, que mantendo a calma, não se arriscando inutilmente e tendo algumas prioridades como fogo, água e abrigo, uma pessoa normal conseguiria sobreviver por sete dias em ambientes hostis. Les Stroud procurava gastar o mínimo de energia, evitava ao máximo beber água sem purificar e por mais que ingerisse insetos como escorpiões, entre outros, nunca se aventurava a comer o que não conhecia. O aventureiro solitário evitava comer insetos ou outros animais crus para ficar longe de infecções que pudessem colocar sua sobrevivência em risco, apesar de que, vez ou outra, também ingeriu alguns insetos sem preparo algum. Ele filmou suas aventuras solitárias em lugares extremamente gelados, em selvas tropicais, desertos, e sempre procurava manter a calma. Raras vezes ele conseguia grandes quantidades de alimento, e mesmo assim, sobrevivia. Só o vi desistir dos sete dias por duas vezes. Certa vez, em uma floresta tropical, Les Stroud não conseguiu espantar uma onça de seu acampamento, tendo procurado abrigo em uma comunidade próxima. Seria a última noite dele no local, e realmente a onça o apavorou. Outra vez, o deserto o venceu em poucos dias. Ele não conseguiu encontrar água ou obtê-la em uma quantidade mínima para sobreviver. Neste caso, chamou sua equipe para auxiliá-lo com um celular via satélite que carregava justamente para não transformar seu programa de televisão numa tragédia. Um dos episódios mais interessantes foi quando ele teve que dormir na savana africana, construindo seu abrigo em território onde possivelmente leões transitavam. Os ruídos africanos à noite amedrontariam qualquer um que tivesse que dormir num abrigo improvisado no meio de um ambiente com animais ferozes. Foi um ótima série, com uma pessoa normal sobrevivendo nos locais muito difíceis para o ser humano.

Por outro lado, um programa que ainda faz muito sucesso também apresentado pela Discovery Channel, temos o fanfarrão Bear Grylls, um ex-militar das Forças Armadas do Reino Unido, alpinista e aventureiro profissional, que procura mostrar como sobreviver em locais igualmente inóspitos. No programa À Prova de Tudo, Bear conta com apoio de uma equipe, mesmo que em tese esta equipe só possa auxiliá-lo em caso de perigo de vida. Bear Grylls, diferente de Les Stroud, se arrisca demais, atravessando rios congelantes a nado, saltando de árvores, escalando montanhas sem equipamentos de proteção, entre outras façanhas. O ponto alto de show é quando Bear come algum inseto ou animal cru, costume que já lhe rendeu pelo menos uma boa desinteria durante um dos episódios. Bear, um profissional da sobrevivência, dá dicas duvidosas se utilizadas por pessoas comuns, às vezes não tem noção se o que está por comer serve para humanos, e solta algumas pérolas como “a regra é: se for amargo, não coma”. Diferente do canadense de Survivorman, Bear nem sempre mostra como são suas noites de sono, o que leva a crer que também possa dormir confortavelmente em companhia de sua equipe. À Prova de Tudo, apesar de alguns exageros de Bear Grylls, tem seu valor mostrando técnicas de sobrevivência e também é um bom divertimento.

Vários programas seguindo o mesmo estilo são transmitidos atualmente na TV paga brasileira, mas nenhum ainda conseguiu se equipar aos shows de Les Stroud e Bear Grylls.

Abaixo, alguns vídeos de Survivorman e Man Vs. Wild:

Les Stroud comendo algumas guloseimas:

Bear Grylls e sua cozinha internacional:

http://youtu.be/84NgVXqvLzo

Bear em ação:

Um pouco de Les Stroud no territórios dos leões (em inglês):

http://www.youtube.com/watch?v=2JqzIUIZTPM&feature=related

 Você assiste programas de sobrevivência na TV a cabo? Deixe seus comentários!

Se você gostou deste artigo, veja também:

10 comentários para “Les Stroud (Survivorman) e Bear Grylls (Man Vs. Wild – À Prova de Tudo)

  1. j luiz
    14 de junho de 2012 at 15:01

    o bear faz um show, tem algumas dicas importantes mas tem muita coisa que é errado fazer, prefiro atualmente o desafio em dose dupla que é muito mais sensato.

  2. 18 de junho de 2012 at 23:49

    Ainda sou mais o cara que filma… (e nem reclama)… e faz tudo com uma mão só!… a outra ele segura a camera! rss!

  3. Antonio Miranda
    27 de setembro de 2012 at 02:30

    Oi boa noite a todos, Survivormam, saudades, dava de 1000 a ZERO em todas as series que vi. Para mim Les Stroud é o melhor. Simplista, muitas vezes as coisas não sairão bem , e o detalhe não tomava áqua sem purificar e não comia nada cru, isto é regra do Guerreiro de Selva CIGS. Quanto a atual serie do desafio em dose dupla Brasil lamentável , mas é oque a Discovery quer apresentar , ilustra bem as babaquices do Bear Grylls. O cara é capacitado mas por força de contrato tem que apresentar um Show para a tv. Beleza de produção.
    Abraços.
    Antonio Miranda

  4. Everton Dias
    10 de dezembro de 2014 at 04:35

    Pelo amor de Deus né….
    O programa do Les Stroud é de dar sono.
    Tava vendo o primeiro episodio do quarto ano e o Les Stroud bebe água direto da poça do buraco da pata do cavalo, que esta cercado por fezes…. muito inteligente ele hein!
    Fora que o Les Stroud é naturalmente desanimado… imagina sobreviver com um cara destes?
    Fiquei meia hora vendo o programa e simplesmente desisti. Ele não fazia nada.

    Já o Bear Grylls faz coisas loucas, mas faz coisas muito interessantes tbm.
    E no caso o Bear Grylls, ele é totalmente animado e dinâmico…. mesmo na pior situação ele tá animado e passa um confiança gigante pra seguir continuando.

    Gostem ou não, mas o Bear Grylls é o Rei desse tipo de programa.

    E pra em segundo lugar, vem o Desafio em Dose Dupla Brasil
    A versão americana tbm é boa.

    No caso do Les Stroud, pra mim é a ultima opção…. simplesmente não da pra ficar uma hora em frente a TV vendo ele não fazer nada e tocar aquela gaita chata dele.

    • José Luciano Gasparello Filho
      10 de dezembro de 2014 at 11:37

      Caro Everton,

      Este texto foi escrito nos primórdios do siste Tocandira, quando Les Straud tinha sido o primeiro a mostrar um modo de sobreviver baseado na economia de energia e de pouco risco. Algo bem realista do meu ponto de vista e factível para os homens comuns. Mas tenho que concordar com você que os programas dele estão um saco, ainda mais quando temos vários outros protagonistas com fórmulas diferentes de fazer a mesma coisa surgindo na TV. A primeira temporada que ele permanecia 10 dias sobrevivendo foi difícil de aguentar e, na quarta temporada, no episódio da Patagônia, também achei que ele forçou a barra em beber água do modo que o fez. Sem falar que o episódio foi ridiculamente chato.

      Apesar do Bear Grylls protagonizar programas mais emocionantes e comercialmente mais atrativos, continuo não gostando do modo teatral como mostra as coisas. Em minha opinião, atualmente quem é realista e ao mesmo tempo mais dinâmico é Ed Stafford.

      Obrigado por sua opinião!

      Gasparello

  5. Tavares
    21 de dezembro de 2014 at 15:31

    Eu não perdia um episódio de “A prova de tudo” até que comecei a perceber a grande variedade de ângulos das câmeras, não filmar ele dormindo e as vezes nem comendo (como no caso de quando ele vai para Everglade) e percebi que ele tem é uma GRANDE EQUIPE de filmagem o auxiliando e comecei a me desinteressar! Les Stroud é bom pois ele não tem equipe de filmagem mas o melhor hoje para mim é Ed Stafford.

  6. jacques
    3 de janeiro de 2015 at 18:58

    O Les Stroud é muito bom, é mais realista que o Bear, gosto dos dois, mas são programas diferentes. Mas os melhores mesmo são largados e pelados( sem frescuras e bem realista) e o Ed Staford. Neste ano tem a segunda temporada do Largados, nao vejo a hora :D.

  7. wyndsor
    4 de novembro de 2015 at 21:28

    Cara todos passam informações interessantes e na voa cada um tem seu tipo mas bom mesmo eh o Ed Steford sem conta q ele fik muito tempo sobrevivendo e ele eh bem doidao

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing