Facas Corneta Wotan

A Corneta fabrica uma faca muito parruda para uso tático. O aço é de acordo com a preferência do freguês, podendo ser o SAE 52100 ou o Inox 440C. A ponta é do tipo clip point, útil para melhorar a capacidade de perfuração; e o desbaste (ou perfil de corte) pode ser tanto côncavo (hollow ground) quanto reto (flat ground). Os tipos de desbaste côncavos privilegiam facas bem afiadas, enquanto os desbastes retos costumam privilegiar a resistência do fio. Claro que isso pode variar de acordo com o ângulo de afiação. O bloco não tem cabo de perfil integral (full tang), mas a espiga está presente até o final do cabo.

Segundo a Corneta, as facas Wotan possuem uma dureza classificada de 57 a 58 pontos na escala Rockwell.

Estas facas possuem ainda um olhal e guarda bem pronunciada na parte inferior e discreta no contra-fio. Em minha opinião, estas facas só pecam por não trazerem um pomo de metal (ou quebra-crânio), do meu ponto de vista, algo indispensável em facas táticas. Os tamanhos das lâminas também podem variar de 6″ a 7.5″. Dependendo o tipo de desbaste, o aço e o tamanho da lâmina desejados, as facas recebem os nomes: Wotan 1, Wotan 2, Wotan 3 e Wotan 3k.

As facas Wotan foram colocadas à prova pelo BOPE/RJ, que adotaram o modelo Wotan 3k, em aço carbono e lâmina de 6″.

Eu até pesquisei para comprar, mas vou preferir deixar para o pessoal do BOPE-RJ. Os preços beiram o absurdo. É irracional encontrar alguns modelos à venda próximos aos R$500,00 por um pedaço de aço nacional produzido em série. Somando os impostos, é possível comprar uma boa faca importada até mesmo da Ka-Bar.

30 comentários para “Facas Corneta Wotan

  1. laur pimentel junior
    4 de novembro de 2012 at 22:59

    coleciono facas a cerca de 20 anos e a wotan é uma das melhores que já tive,possuo uma inox e uma de aço 52100 e elas valem cada real gasto na compra

  2. Igor
    5 de novembro de 2012 at 18:07

    Onde comprar ou encomendar?

  3. Murilo Munhoz
    5 de novembro de 2012 at 23:49

    Igor, comprei minha wotan 3k na cutelaria fivela de ouro, eles tem uma loja virtual e são de confiança!

  4. Matos
    19 de março de 2013 at 06:19

    Tenho uma kabar e uma wotan,a wotan e muito mais faca!a proposito, o que tem de
    melhor o metal gringo?

    • José Luciano Gasparello Filho
      19 de março de 2013 at 10:53

      O metal? Nada. O preço sim é um absurdo para uma faca nacional.

      • rogerio matos
        18 de agosto de 2015 at 19:13

        Isso é verdade!existem facas nacionais que extrapolam o limite do absurdo e as importadas que chegam pra gente já chegam com o dobro do preço!

  5. Reinaldo
    9 de maio de 2013 at 03:33

    Eu possuo uma pequena coleção de facas, entre elas, a Wotan 3k que é uma faca realmente muito robusta. Não acho que ela valha os 430 reais que paguei por ela, ela não é bem acabada, mas como à queria muito acabei comprando-a. Sai muito mais barato por exemplo, a Kabar BK2 que tem quase a mesma grossura e “ignorância” da Wotan. Mas se você quer uma faca táctica de primeira que os projetistas pensaram em cada detalhe do seu uso em campo e é uma faca que soldados americanos mais do que aprovaram em campo em mais de 6 anos de uso??? Vai de Gerber LMF II. Uma faca que é fantástica, e vc consegue ela com entrega aqui no Brasil por 200 Reais pelo o Ebay. Ela é robusta, confiável e muito bem pensada no seu desenvolvimento. Recomendo

    • José Luciano Gasparello Filho
      9 de maio de 2013 at 10:54

      Agradeço muito ter escrito a sua opinião aqui. É sempre importante ter a opinião de quem realmente possui o equipamento. Eu queria ter comprado um modelo para prestigiar a indústria nacional, mas os preços são absurdos. Aí a indústria reclama do “custo Brasil”.

      Também tento entrar em contato com alguns fabricantes para conseguir informações adicionais, tanto a Imbel quanto a Corneta nunca responderam as minhas mensagens.

  6. Machado
    10 de outubro de 2013 at 07:33

    Creio que há um equívoco em achar o preço das Wotan absurdo sem as devidas comparações, ainda mais pelas vias de “boas facas gringas” pois:

    1 elas são forjadas. Em série, mas são forjadas, coisa que a maioria das facas gringas (e brasileiras) não, sendo elas em stock removal, lembrando que facas forjadas tem vantagem em relação de corte e resistencia.

    2 São facas integrais, com guarda forjada na propria lâmina. Isso que dizer que não há risco de soltar ou quebrar a guarda da faca além de denotar apreço e dedicação no modelo.

    3 é em aço 52100, aço que raramente se encontra em facas gringas, qualquer bom consumidor de cutelaria custom/artesanal sabe que o 52100 está entre (senão é) os aços top.

    4 que elas podem ser registradas em seu nome, o que te assegura como propriedade em casa de perda/roubo.

    5 possuem excelente estabilidade e equilíbrio para uso em diversas atividades, de campo à cozinha, dependendo da atividade.

    Se comparada à uma faca artesanal, salvo questões de acabamento, a wotan sai com bom custo/benefício, visto que o desempenho dela é superior às industriais de outras marcas e tem desempenho equivalente ao das artesanais. MAS, uma faca artesanal com essas características, tem preço muito superior ao de uma Wotan.
    Creio que antes de assumir que é “absurdo” pagar por um “pedaço de aço nacional” é preciso estabelecer quais os parâmetros de comparação que se faz.

  7. 11 de outubro de 2013 at 03:48

    Sua colaboração foi bem interessante e proveitosa. Acredito que muitas pessoas poderão aprender com tal conhecimento, gentilmente compartilhado aqui no Tocandira.

    Por outro lado, existe um debate acalorado se as facas forjadas são realmente tão superiores ou, simplesmente, superiores. Mas como não sou especialista em aço, não entrarei neste mérito.

    Ainda não mudei minha opinião sobre os preços praticados. Eu continuo sem disposição para pagar tão caro dentro do meu próprio país. O mesmo vale para automóveis e tantos outros bens e serviços.

  8. Rubens Moretti
    12 de novembro de 2013 at 01:33

    Faca é linda. Parece mesmo uma das melhores, mas poxa vida … matéria prima super nacional pra que fazer um preço absurdo desse…Como podemos privilegiar essa obra prima nacional sendo que a própria empresa q faz a faca enfia e torce a faca wotan no cliente (preço)

  9. northrop
    17 de dezembro de 2013 at 14:37

    Meu amigo tem uma Wotan. É uma excelente faca! Porém, para o uso militar, eu (e ele também) prefiro muito mais a Imbel IA2. Perde um pouco no manuzeio por ser mais pesada, mas ganha em disparada pela rusticidade.

  10. Herbert Giatti
    26 de fevereiro de 2014 at 02:10

    Estas facas Wotan me pareceram muito interessantes a princípio, e também a nova linha de canivetes da corneta. Porém após ver os preços também achei absurdo. Ainda mais que a corneta nem sequer respondeu a um email perguntando sobre os canivetes da nova linha, que não encontrei em lugar algum.
    Pesquisando um pouco me deparei com um cuteleiro naional, Ricardo Vilar, comprei duas facas que ele fabrica(uma para presente) e fiquei muito satisfeito. Não troco minha faca nem por toda linha Wotan.

  11. ricardo
    27 de agosto de 2014 at 00:38

    ola galera assim como vocês sou um amante de facas . tenho uma coleção com mais de 300 peças incluindo imbel wotam entre outras. mas gostaria de deixar uma dica pra vocês. a pouco tempo adquiri uma faca modelo faca baioneta m9 com as mesmas características da imbel ia2 medidas da lamina peso bainha tudo por um preço ótimo cerca de $130.00 reais ótimo.sou ferramenteiro tenho uma empresa .levei as duas facas ate la para fazer o comparativo tudo confere tipo de aço dureza da lamina ate as medidas comp178mm.larg33mm.esps4.5mm.tamanho do guarda mão 87mm tudo confere quem tiver interesse pesquise vale a pena eu e alguns amigos achamos que e o mesmo fabricante testamos a dureza da lamina no durometro da imbel e da baioneta m9 idênticas são as durezas o tipo de aço e o mesmo 1070.espero ter ajudado alguem com as informações pois quem não ta podendo gastar $350.00 com uma imbel uma m9 de $130.00 ja resolve.ate mais galera

  12. matos
    21 de novembro de 2014 at 19:47

    tenho algumas facas legais.tenho wotan,r.villar,ia2 e amz,kabar,zakharov,arkhip,muela,tenho artesanais,e mais umas tantas e digo sem sombra de dúvidas que de todas a última que eu levaria pra selva seria a bk2.é muito pesada para seu tamanho,muito curta pra rachar madeira(racha,mas é melhor com uma quati)e seu corte é igual ao de um machado,ou seja,comparado ao corte de uma zakharov ou wotan,ou mesmo de uma usmc da própria kabar é muito ruim de corte.pelo menos para mim é peso desnecessário.

  13. rogerio
    2 de janeiro de 2015 at 18:53

    A Wotan é muito mais faca que a kabar.tenho as duas,a kabar é show de bola,mas a Wotan é insuperável,e apesar de ser produzida em série é forjada!

  14. Renato Brittes
    13 de março de 2015 at 20:25

    Sou SD PM e recentemente comprei uma Wotan 3K. Pela sua dimensão, penso ser ideal para uso tático policial, e a pesquisa que fiz antes da compra-la, me deixou, sem dúvidas quanto a sua qualidade. Quanto ao preço, realmente caro, mas vale cada centavo. Paguei R$450 no site ****** no Rio Grande do Sul e chegou rápido aonde moro que é Campo Grande Mato Grosso do Sul. Estava com bastante dúvida entre a Wotan 3k e a Imbel IA2 mas acabei ficando com a Wotan. Mas vou acabar comprando também a Imbel IA2 futuramente, que também custa acima de R$400 reais infelizmente; Gosto da IMBEL pela sua história e qualidade de seus produtos, até porque porto uma IMBEL MD6 .40 de polímero que representa a qualidade bélica nacional, mas isso é outro assunto rsrs o assunto é cutelaria nacional. Abraço ao criador do site, assuntos e informações úteis e bacanas.

  15. CHARLES REIS
    4 de maio de 2015 at 19:51

    Eu queria uma IMBEL AMZ ou A2 mas acho o preço um absurdo.
    A faca baionete M9 é assim tão parecida na aparência e qualidade como cita o Ricardo acima??

    • José Luciano Gasparello Filho
      4 de maio de 2015 at 20:43

      Nunca vi esta faca de perto e não conheço algumas características para comparar, como o aço utilizado.

  16. Maurício de Oliveira e Silva
    8 de julho de 2015 at 22:22

    Olá Gasparello.
    Tenho as facas Wotan 1, Imbel AMZ e Aitor Jungle King I (da linha antiga, com mais de 20 anos), dentre outras nacionais e importadas. Sei que são modelos com propostas e características distintas, mas posso compará-las dentro dessas limitações e pela minha experiência de uso.
    Delas, no meu parecer, a mais cômoda e prática de usar é a Wotan. É a mais equilibrada, de melhor empunhadura e que tem o melhor acabamento também. É extremamente robusta, com um acabamento que resiste a afiação e ao uso diário. Pode ser “usada e abusada” sem dó. Pontos “fracos” (se é que se pode dizer isso) da Wotan: a guarda é pequena e não tem um pomo de aço. É melhor como faca “esportiva” do que tática. A bainha é bastante simples, embora eficiente.
    A Imbel AMZ surpreende: apesar de ser uma faca “pesada” (520g) é muito equilibrada e de boa empunhadura, “disfarçando” o fato de ser quase um “facão de mato”. O acabamento é muito bom também, mas transparece mais rusticidade que a a Wotan. Também é uma faca que permite “usos e abusos”, embora perca o fio mais facilmente que a Wotan. Ponto alto é a bainha. Resistente e muito bem feita permite um transporte seguro e eficiente da faca, em quaisquer condições. A Imbel AMZ é uma verdadeira faca tática, com boa guarda e um excelente pomo de aço. Mas seu uso intensivo é mais cansativo e incômodo do que da Wotan.
    A Jungle King é uma faca de sobrevivência de cabo oco, permitindo o transporte de muitas utilidades. A fixação da lâmina ao cabo é muito boa, sendo mais firme e robusta que a aparência faz crer. No entanto, não se pode compará-la, em termos de robustez, com a Wotan ou a Imbrel. A lâmina apresenta um bom fio. Se bem utilizada, é um instrumento eficiente, permitindo corte de troncos e galhos mais grossos e duros (atenção: apesar de bem fixada ao cabo, a lâmina pode soltar se a faca for empregada de forma mais descuidada). A bainha trás uma série de utilidades, sendo que a pequena faca de mão (Skinner) é de excelente qualidade e praticidade, embora o conjunto como um todo acabe ficando volumoso e de transporte não muito cômodo. A empunhadura da faca é surpreendentemente confortável e firme. Apesar de não ter a rusticidade da Wotan ou da Imbrel (exigindo um uso mais cuidadoso), a Jungle King I apresenta grande versatilidade.
    São essas as minhas impressões em relação a essas facas.
    Um abraço.

    • José Luciano Gasparello Filho
      9 de julho de 2015 at 11:58

      Maurício,

      Agradeço bastante sua postagem, foi muito construtiva!

      Abraço

  17. Maurício de Oliveira e Silva
    18 de julho de 2015 at 21:47

    Olá Gasparello, tudo bem com você?
    Hoje, por pura curiosidade, fui medir a espessura da lâmina da minha faca Wotan 1. Para minha surpresa, o valor medido foi de 5,5mm (média de várias medições). Isso é 0,5mm mais estreito que o indicado no manual (6 mm). Pode parecer pouca coisa, mas é quase 10% de erro, o que é muito, não tenha dúvidas.
    Um abraço.

    P.S.: Medi uma outra Wotan 1 e obtive valores da ordem de 5,6 mm. Melhores, mas ainda assim com mais de 5% de erro em relação a especificação. Para termos comparativos, a Imbel AMZ tem exatamente a espessura indicada no manual (4,5mm).

    • José Luciano Gasparello Filho
      19 de julho de 2015 at 23:14

      Agradeço o relato!

  18. edvaldo
    19 de outubro de 2015 at 21:23

    Olá tudo bem? Estou na duvida entre a wotan 3k , a cold steel srk,ou até mesmo a kabar 1311,já que a faixa de preço é quase a mesma,porém tenho duvidas sobre a qualidade do aço delas.

  19. Leonardo Souza
    20 de novembro de 2015 at 05:19

    Boa noite Edvaldo, ja tive a SRK e tenho uma Wotan 6″. Posso lhe garantir que são a mesma faca. Todavia, se pudesse escolher, ficaria com a SRK, que é muito superior em minha opinião.
    Acho a Wotan um pouco desbalanceada, nada muito absurdo, mas de fato, tenho que concordar que a faca Quati do Ricardo Vilar, inspira muito mais confiança.
    Entretanto, como um bom patriota, acho que é nossa obrigação apoiar a industria cuteleira nacional e sempre que pudermos, comprar seus produtos.
    Abraço a todos.

    • Antônio
      29 de janeiro de 2016 at 00:28

      Concordo com vc Leonardo Souza, mas quanto a sermos patriotas, devemos optar pela melhor compra.
      As fabricantes nacionais deveriam ser mais razoáveis na hora de cobrar os preços absurdos que nos cobram.

  20. Gustavo
    14 de dezembro de 2015 at 21:28

    Ola!
    Sou militar e tenho interesse em adquirir a faca Wotan 3K só que não consigo realizar uma compra segura, já tentei o site da Corneta e nada, na cutelaria fivela de ouro não tem.
    Alguém que já comprou esta faca poderia fornecer o endereço para aquisição.
    Um grandeAbraço

  21. Erick Tamberg
    24 de fevereiro de 2016 at 20:50

    Dentre as nacionais, minha recomendação pessoal é o modelo Quati do Ricardo Villar. Peça extremamente robusta, e, considerando ser forjada e de produção artesanal, tem melhor custo-benefício do que a Wotan.

    Outra faca que aprecio muito é a Glock 81. Era minha faca de uso diário quando trabalhei no GOE. Por ter uma lâmina estreita, ocupa pouco espaço no cinto – uma grande vantagem quando se tem pistola, carregadores, algemas, lanterna, bastão retrátil e espargidor no cinturão. Cheguei a usá-la como pé-de-cabra em duas ocasiões e resistiu muito bem ao abuso. Outra vantagem é o sistema de travamento na bainha, através de uma lingueta dentada, que trava automaticamente a faca assim que ela é embainhada. O cabo de polímero, além de proporcionar uma excelente empunhadura, não provoca bolhas nas mãos com uso intenso.

    A Imbel IA2 é bem construída, mas o cabo é um tanto curto para o tamanho da minha mão.

  22. Denis
    30 de julho de 2016 at 02:54

    Dos 4 modelos dessa faca só a Wotan 3K ainda é fabricada, e vi ela sendo vendida numa loja virtual especializada em cutelaria por míseros R$875,00.
    Não vou citar a loja, mas é uma que costume vender facas Mora por mais de R$200,00…
    Entrei em contato com a Corneta para saber se é possível adquiri a faca por um preço (bem) mais em conta, mas até agora não obtive resposta.

    • Luciano
      31 de julho de 2016 at 12:42

      Tá de brincadeira uma faca custar R$850,00 (Wotan) em quando tiver pessoas comprando é isto!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing