Esse Bear Grylls!

À Prova de Tudo, estrelado por Bear Grylls, é um dos programas de sobrevivência mais bem sucedidos da TV por assinatura. Com câmeras em um ritmo frenético, típico de filmes de ação, Bear faz tudo parecer muito fácil, como se fosse o MacGyver da sobrevivência.

Criticar Bear Grylls é comprar uma briga com seus fãs mais fervorosos, que sempre o defendem batendo na mesma tecla, o cara é o fodão do exército inglês, o ultra mega alpinista, entre outras coisas. Vez ou outra, quando trocando os canais, acabo me deparando com um programa dele, que raramente assisto até o final. Num dia desses não foi diferente. Parei de assistir ao programa quando ele resolveu descer um paredão de 45 metros usando cipós. É claro que os cipós acabaram antes da metade do percurso e Bear teve que saltitar de uma arbusto para outro no paredão, descendo um pouco mais. Sim, eu sei que o programa é uma simulação, mas uma simulação fantasiosa pode colocar em apuros os jovens fãs de Bear Grylls, que o idolatram como o maior guru de sobrevivência no mundo.

O saltitante Bear Grylls é show man, tem uma linha de produtos esportivos, e precisa manter sua imagem de sobrevivente heroico e destemido. É uma pena que tanta gente não consiga distinguir a sobrevivência real de um programa de aventura.

Para  não dizer que sou um youtuber de sobrevivência recalcado, gosto e recomendo o programa Sobrevivendo com Bear Grylls.

Se quer programas de sobrevivência mais realistas, indico:

 

13 comentários para “Esse Bear Grylls!

  1. 21 de julho de 2014 at 11:40

    Acompanho o programa Dual Survival com Cody Lundin e Dave Canterbury e aprendi que fazer o mínimo necessário para sobreviver como prefere o minimalista cody certamente Podeevitar alguma possíveis lesões mecânicas, como Cody Lundin eu discordo de muita coisa que o Bear Grylls faz na TV porque assim como eu há milhares de jovens que acompanham o seu programas suas aventuras com um toque exagerado de adrenalina o que podem fazer com que espectadores tentem fazer algo muito arriscado como ele, e acabar pondo suas vidas em risco devido a credibilidade das façanhas do ídolo Bear Grylls.

  2. 21 de julho de 2014 at 13:05

    graças a esse imbecil e aos comandos de sofá que o prepping e o sobrevivencialismo são mal vistos e interpretados.

    Não tenho saco pras idiotices deste cara, mas que ele tá fazendo a pacoteira, isso está!

    abraço!.

  3. Cidney Barbosa
    21 de julho de 2014 at 15:50

    Olá gente, não sou praticante de sobrevivencialismo mas, gosto muito de acompanhar os programas os blogs e as dicas. Eu entendo que o programa “A prova de tudo” é fantasioso e tudo mais, porém deve-se olhar de outra forma, para aquelas pessoas como eu que nunca vivenciei ou pratiquei, o programa dele da dicas para aqueles leigo como eu, as dicas de como achar comida ou água e até mesmo fazer um abrigo mesmo que fantasiosa são validas pois pra mim o negocio é sobreviver e não sobreviver com PhD.

  4. Alberto Pena
    21 de julho de 2014 at 19:19

    Sou muito fan dele, principalmente pq ele foi da SAS, essas loucuras são o dia-a-dia dos integrantes dessa força especial. Mas sou totalmente de acordo que o programa dele não serve para leigos, se alguem tentar fazer as coisas que ele faz certamente ira morrer, faço escalada, trekking no meio do mato e acho insano as coisas que ele faz, realmente o show dele e so pra dar ibope, e da, pq eu gosto de assistir, mas pelo menos o basico ele passa q e conhecer o terreno, procurar um rio e sempre montar acampamento antes de escurecer!!

  5. Rhaylan
    22 de julho de 2014 at 03:33

    Sim, eu sou fã dele. E só pq vc nao gosta e/ou tem inveja dele não precisa ficar falando mal.
    Com certeza ele sabe muito sobre sobrevivencia, e nao teria um programa se não soubesse, e ele é um action-man ele faz essas coisas pois ele é bem preparado, aceite isso. Claro q algumas coisas q ele faz são perigosas, mas não é pq ele faz q todo mundo vai fazer. Todos sabem suas limitações.

  6. 22 de julho de 2014 at 17:28

    ALberto, como o primeiro rapaz la disse, Cody e Dave Canterbury são fodas. O trouxa do grylls até pode ser um soldado blablabla, porém fazer loucuras com um pelotão por tras pra te ajudar é uma história. Sobreviver é outra e o cara mistura tudo, faz com que correr riscos desnecessários ou “arriscados” demais seja “cool”.

    mas enfim, quando se assiste pela finalidade lúdica e de entretenimento, ele tem o meu 10. hauhauhauhau. EU MENTI!

  7. Alberto Pena
    25 de julho de 2014 at 18:31

    uai, não gosta não assiste, simples… não tem ninguem te obrigando!!!

  8. Leandro
    26 de julho de 2014 at 03:04

    É… bem que o Gasparelo avisou que criticar o Bear Grylls é comprar briga com os fãs!Gosto do programa como entretenimento, mas confesso que também vejo com certo receio o estimulo de técnicas consideradas arriscadas até mesmo para profissionais em sobrevivência. Afinal, entrar em longas cavernas desconhecidas com pouca luz; descer encostas com cipos; atravessar rios gélidos quase ao anoitecer; e cruzar penhascos usando um cabo de aço previamente existente e desconhecido, são condutas que só podem ser feitas por um ator de tv amparado por equipamentos e equipe técnica.

  9. hudson
    28 de julho de 2014 at 15:44

    Pra falar a verdade o Bear mudou minha vida.Assistindo o programa A Prova de Tudo fiz da aventura o meu hobby ,e esse hobby fez com que eu tomasse mais gosto por estudar e hoje amo estudar e me aventurar, isso me traz uma felicidade preciosa que não quero que acabe nunca.

  10. 28 de julho de 2014 at 20:58

    Realmente, há muita gente que acha fácil sobreviver na selva ou em qualquer ambiente hostil, o programa faz parecer muito fácil e muita gente fantasia demais com o programa, eu assisto á vários programas dele mas sempre com olhar crítico e observando os detalhes.
    Belos artigo.

  11. 31 de julho de 2014 at 12:02

    Bem, já assisti muito os programas de Bear Grylls, admiro muitas técnicas e tals e de uns tempos pra cá, admiro ele mais por uma outra ótica. O admiro pela sua história, pelo que ele passou, já pesquisei muito sobre ele, vi de fato como ele já viveu de tudo na vida e sabe aproveitar bem. Não digo que ele é o melhor e tal, mas ele é um cara bom. Vejo muitos dizerem que ele é um babaca e várias outras coisas mais e realmente o programa retrata as vezes um ambiente totalmente diferente. Porem vejo isso mais como forma de atrair mais telespectadores e lucrar mais. Se o programa fosse muito técnico acho que seria muito ruim, porem acho que as vezes passa do limite. Algo que não admito realmente é matar animais sem necessidade, tudo é uma simulação então acho que não é certo matar animais ou comê-los vivos para atrair mais audiência. Quando falam das babaquices dele e tudo mais, duvido que alguém com todos estes conhecimentos fosse chamado para um programa do tipo e com o cachê bem generoso não topasse. A respeito de assistir o programa e sair pelo meio do mato fazendo a mesma coisa, não é responsabilidade do programa, existem milhares de vídeos e programas do tipo, então quem achar que deve ir praticar, que vá. Não vamos jogar a culpa no programa e omitir a responsabilidade própria. Finalizando minha opinião, admito que o programa foge muitas vezes da realidade, tenta ser dinâmico e muitas vezes passa do ponto, mas podemos ver pontos positivos que podemos tirar para nosso proveito, acredito que tem um lado positivo, agora cabe a cada um saber aproveitá-lo de maneira consciente.

  12. kk
    21 de setembro de 2014 at 00:35

    Hum… O povo não entende que o estilo dele é esse mesmo, ele não é de fazer barraquinha e esperar o socorro pq como ele diz:

    O socorro pode nunca te achar. (ou achar depois do óbito).

    O estilo de sobrevivência runner(corredor) exige fazer certas loucuras mesmo, como por exemplo as ilhas que ele foi e não tinha agua doce, vocês fariam barraquinha e esperariam o socorro? Morreriam desidratados essa é a resposta! Sinceramente acho que quem critica o bear d+ não entende ou tem dificuldade para lidar com suas técnicas.

  13. Mateus
    20 de outubro de 2014 at 20:56

    Eu já assisti praticamente todos os episódios de a prova de tudo,o Bear Grylls realmente faz coisas desnecessárias,mas também fala muita coisa útil e mostra técnicas interessantes para a sobrevivência.

    Na maioria dos casos ele mostra o risco de se fazer uma escalada,por exemplo,mas na opinião dele é um risco que vale a pena correr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing