Desvendando a nomenclatura dos calibres de armas de fogo

calibre

Gosto muito de atirar, mas nunca tive muito interesse em conhecer como os calibres das armas de fogo são definidos, até o dia que resolvi assistir a um vídeo do Vlog Manual do Mundo sobre o tema! Sim, foi por intermédio do YouTuber Iberê que descobri de modo fácil as nomenclaturas dos vários calibres. De um modo genérico e resumido, a coisa é mais ou menos assim:

Calibres 9 mm e 7,62 mm: estes calibres são as medidas do diâmetro do projétil, em milímetros. O calibre calibre 7,62 mm (fala-se sete-meia-dois), mas na verdade é um projétil de 7,62 mm (lê-se sete-vírgula-cinquenta-e-dois-milímetros) de diâmetro.

Calibres .22, .32, .38 e .40: também refere-se ao diâmetro do projétil, por centésimos de polegada. O calibre .38 refere-se à 38% de uma polegada, o calibre .40 refere-se à 40% de uma polegada. O mesmo pensamento vale para os calibre .22 e .32.

Calibre .380: de modo análogo aos calibres acima, mas medido por milésimos de polegada.

Calibres 12, 20, etc: a base para o cálculo é a massa de 1 libra (que corresponde a 453,592 gramas). O exemplo do Iberê é bem didático, partindo de uma bolota de chumbo imaginária de 1 libra. O calibre 12 seria esta bolota dividida 12 vezes. O calibre 20, seria esta bolota dividida 20 vezes, e assim por diante. Por isso, as bolinhas de chumbo do calibre 12 são maiores que as do calibre 20, etc.

Recomendo fortemente assistir ao vídeo do Iberê, que é muito didático e libertador! Vou deixar aqui também um vídeo mais longo e bem completo sobre o assunto do canal Sobrevivencialismo, para quem tiver interesse de se aprofundar no assunto.

Post navigation

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing