Desafio em Dose Dupla Brasil – Caminho das Águas

Durante minhas férias acabei perdendo logo o episódio que mais me interessava, no cerrado. Felizmente, alguém tem disponibilizado os programas no YouTube. Só foi uma pena que filmaram durante o período chuvoso. Na época seca o cerrado é bem mais difícil de sobreviver. Com chuvas abundantes, a quantidade de frutas e plantas comestíveis é imensa, mas nos meses de estiagem a coisa inverte. Por outro lado, fazer fogo na época chuvosa é mais difícil e o abrigo torna-se muito importante.

No cerrado, encontrar água não é tão complicado, apesar de que, por vezes, é necessário percorrer grandes distâncias. Geralmente é fácil encontrar água onde existem buritis, uma planta bem alta, fácil de identificar e de avistar de longe. No cerrado costuma-se dizer “onde tem buriti, tem água”, e isto foi muito bem abordado.

Para quem perdeu: http://youtu.be/nk0PARz_9Is

Confira resenhas de outros programas de sobrevivência na TV

4 comentários para “Desafio em Dose Dupla Brasil – Caminho das Águas

  1. Guilherme
    17 de setembro de 2012 at 19:52

    Gostei muito do episódio, e até comentei com um colega que muitos pagam caro por cantis de marca enquanto no episódio uma câmara de ar funcionou super bem, só o gosto pode não ter sido dos melhores… Mas gostei da idéia de se aproveitar tudo da moto pra ser usado em uma situação de sobrevivência.

  2. Robson Santos
    19 de setembro de 2012 at 01:47

    Compartilho da opinião do Gasparello.
    Tinham que ter filmado em tempo de estiagem ! Aqui aonde pratico algumas atividades, na época de chuva, não preciso andar nem sequer 5 metros fora de alguns percusso que encontro água pura !
    Mas na estiagem ! Só encontro aonde sei que tem nascente perene !
    Achei muito boa a ideia da câmara como deposito de água ! Nunca iria imaginar esse uso para ela !
    Ainda reclamo que eles passam algumas coisas muito rápido ! Falou-se de uma planta comestível, mas nem mostrou como ela era !

  3. guilherme
    22 de dezembro de 2014 at 22:03

    alguém saberia me dizer qual é o nome daquele marchete que eles usaram nesse episódio…abracos

  4. 27 de junho de 2015 at 14:53

    Meio que sem sal a dupla Brasileira. Deve ter um monte de caras bons aqui no Brasil tipo o Rasmussen para esses eventos. Vi todos os documentários e dou minha nota 4 (como incentivo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing