Cozinha Mateira Prática: Sopa de Pacote

Pode falar o que for, mas não inventaram nada mais prático e rápido pra encher o bucho em acampamento do que miojo e sopa de pacote (em se tratando de comida quente). Eu levo envelopinhos daquelas sopas de caneca, e aumento a sustância com macarrão que levo de casa. Nos comentários do vídeo, alguém sugeriu levar macarrão mais fino, daqueles do tipo cabelo-de-anjo ou sei lá o quê, porque cozinham mais rápido. A dica foi boa e já incorporei na minha lista de comida para camping, mas no vídeo abaixo ainda uso um macarrão que demora um pouco mais para ficar no ponto certo.

Leia também:

7 comentários para “Cozinha Mateira Prática: Sopa de Pacote

  1. Rafael Da Rocha Ferreira
    29 de dezembro de 2015 at 13:42

    Cara parabéns conheci parte do seu trabalho por sugestão do meu irmão, nós gostamos muito desse segmento, mas é muito difícil encontrar referencias sérias na internet, geralmente encontra-se pessoas sem embasamento nenhum falando sobre assuntos que não dominam claramente, mas você cara demonstra conhecimento e responsabilidade no que diz, e demonstra a importância de estar sempre em busca de reconhecimento, parabéns !

  2. Guilherme Campos
    5 de janeiro de 2016 at 03:49

    Parabéns pelo canal!!!
    uma dica, assim como a do macarrão é por um ovo para cozinhar junto com a sopa,(quebrado dentro da sopa e sem mexer, como um “ovo poche”), quem gosta da gema mole tem que ficar atento com o tempo de cozimento, (ele continua a cozinhar com o calor apos tirar do fogo).
    quanto a levar o ovo para o acampamento, tem varias formas, eu prefiro acondicionar eles embalados separadamente com plastico filme ou saquinhos, dentro de um recipiente com farinha de trigo, ou fuba pre cozido para polenta (Polentina, Milharina), podendo usar o fuba para uma polenta ou a farinha de trigo para um pão de caçador.

  3. Giulio Adriano
    8 de janeiro de 2016 at 17:16

    Trabalho muito legal,gostei do site !

  4. Sebastião
    10 de janeiro de 2016 at 21:59

    Sopa é bem prático mesmo. Quando vou pra beira do rio, levo na minha matula farofa, um pedaço de queijo, rapadura, algumas bananas e muita, mas muita laranja ou então mexericas, frutas que ajudam a aliviar a fome e hidratam. Jamais levo bebida alcoólica.
    Comida quente, de vez em quando faço arroz carreteiro e cozinho mandioca.

  5. ALEX
    17 de janeiro de 2016 at 21:00

    Gostaria de deixar 02 dicas para fugir da dupla miojo/sopão em campings:

    01 – Feijão carioca pronto Quero : http://www.quero.com.br/vegetais/feijao-carioca-tr-340.htm
    Existem outras marcas porém este já vem temperado e é muito bom. Serve duas porções caprichadas.

    02 – Arroz Cozinha Fácil Tio João : https://www.youtube.com/watch?v=9O4DxMbkwaM
    O pacote serve 04 porções caprichadas.

    É só misturar com aquela velha e boa sardinha em lata e você tem uma refeição completa e com muita sustância e de baixíssimo custo.

  6. João Caleffi
    29 de janeiro de 2016 at 16:56

    Boas dicas. Eu não conhecia a função da caneca de cantil como panela. Acho que vou adotar esta prática pelo peso reduzido da mesma. Quanto a “aumentar a sustância” eu costumo levar uma caixinha de seleta de legumes e integrá-la ao famoso “Miojo”.

  7. WILMAR SARDAUX PERES
    15 de maio de 2016 at 22:12

    parabens , suas dicas são otimas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing