Como limpar lambaris com rapidez

Eu adoro comer lambari (ou piaba), mas limpar este peixinho requer um tanto de paciência. Você pode limpar as escamas com uma peneira de areia, daquelas usadas em construções, mas remover a barrigada sempre foi um tanto chato.

Encontrei o vídeo abaixo mostrando uma técnica bem eficiente para tirar as escamas com uma espécie de redinha, e a barrigada é removida facilmente com uma técnica interessante que você aprenderá vendo as imagens abaixo:

Conheça o canal Tocandira no YouTube e inscreva-se para ficar por dentro da novidades!

Leia também:

 

7 comentários para “Como limpar lambaris com rapidez

  1. cleber
    30 de outubro de 2012 at 11:49

    Com dez anos vi o meu tio limpando as escamas com um pedaço de saco de batata. Aquele que paresse um cordão de plástico tramado e normalmente na cor vermelha. Sempre foi rápido. De limpar a barriga de peixe assim…é a primeira vez!

    • José Luciano Gasparello Filho
      30 de outubro de 2012 at 11:54

      Cleber,

      Esta sua dica do saco de batata é interessante, pode substituir a peneira de areia, que nem todo mundo tem à mão!

      Abraço

      Gasparello

  2. Thiago
    30 de outubro de 2012 at 23:26

    Esta ê uma ótima dica, eu particularmente nao tinha visto. Coisa simples e tem fundamento.
    Afinal quem nao gosta de uma porcaozinha de lambari frito.

    Abraço a todos.

  3. Marcos Jose Toczek
    3 de novembro de 2012 at 00:05

    Então galera, gostei muito da dica de limpeza dos lambaris. Mas eu particularmente, gosto de limpar esses peixinhos com um bom e bem afiado canivete. Para mim, é um ótimo passatempo.

    • José Luciano Gasparello Filho
      4 de novembro de 2012 at 21:38

      O meu passatempo é degustá-los com cerveja!

      Abraço

  4. 7 de fevereiro de 2013 at 12:13

    sou criador de lambari em taubate adorei a aula

  5. gilberto gonsalves de brito
    4 de março de 2013 at 01:03

    Técnica interessante para a limpeza dos lambaris,porém retirou-se as cabeças dos mesmos,dependendo do tamanho dos mesmos não resta muita coisa para ser consumido,e em uma situação de sobrevivência nada pode ser descartado.

Comments are closed.