Colchonete Auto Inflável Smart Guepardo

Estou utilizando em meus acampamentos o colchonete Smart, da Guepardo. No clima do cerrado do noroeste de Minas Gerais ele tem servido muito bem como isolante térmico, sendo muito mais confortável que um isolante em EVA.

Ele é tão volumoso quanto um isolante em EVA, talvez até um pouco mais, e também é mais pesado, com 1.2Kg. Eu costumo encostar meu carro próximo da área de acampamento, dependendo o local monto a barraca ao lado do carro. Nestas condições, onde não preciso caminhar por longas distâncias com meu equipamento, o colchonete se mostrou um ótimo apetrecho. Se você não se importa com peso extra e prefere ter ótimas noites de sono, talvez seja interessante incluir em seus equipamentos de aventura este colchonete.

Ao abrir a válvula, o colchonete infla um pouco, mas será necessário assoprar até que o colchonete encha por completo. Não levo mais de 30 segundos para enchê-lo. Outra característica que me agradou são os botões laterais para conectar outro colchonete, muito útil para casais. Este produto se adequou perfeitamente às minhas atividades mateiras. Antes de optar por este produto, dê uma olhada nas dimensões indicadas pelo importador para verificar se ele será confortável para você.

Características do produtos, segundo o site da Guepardo:

  • Material: Poliéster  tafetá 190T com revestimento em PVC  + Espuma;
  • Possui  válvula em plástico resistente e botões laterais para junção de mais colchonetes;
  • Tamanho: 183 x 55 x 3cm;
  • Peso: 1,200kg;
  • Tamanho enrolado (embalado): 13cm diâmetro x 62cm de largura;
  • Acompanha sacola para transporte.

Fique de olho nos comentários de quem comprou o colchonete. Eu nunca tive problemas com o meu, por outro lado, os relatos de defeitos no produto têm sido constantes, tanto aqui no site Tocandira quanto nos comentários do vídeo postado no YouTube.

Abaixo segue um vídeo onde mostro o colchonete:

Veja outros posts relacionados:

14 comentários para “Colchonete Auto Inflável Smart Guepardo

  1. alexandre
    30 de junho de 2012 at 12:50

    muito show esse colchonete… pena que fica um pouco volumoso p quem vai se aventurar nas estradas de moto, pois o volume dele, da barraca e da bagagem, ficaria meio complicado p carregar… mas como vc disse, p quem vai de carro é excelente!!!

  2. Rafael Oliveira
    18 de maio de 2013 at 05:25

    vou fazer um trilha de Porto Velho x Manaus de quadriciclo e estou na duvida entre colchonete e colchao inflavel. Qual a sua opiniao ?

    • José Luciano Gasparello Filho
      18 de maio de 2013 at 12:33

      É difícil opinar, eu prefiro o inflável, mas tem gente que não gosta.

  3. 11 de dezembro de 2013 at 11:24

    Olá amigo,

    Gosto muito dos seus vídeos, já me ajudaram a escolher barraca e outros acessórios menores, muito bom suas apresentações, e a parte que eu curto mais é a que fala de acampamento, obviamente.

    Estou precisando comprar um colchão/colchonete para dormir em áreas de camping, mas me paira uma grande dúvida: faço viagens de moto, então peso e volume são importantes (não tanto quanto se fizesse trilha a pé, mas são). Minha dúvida é entre um desses colchonetes auto infláveis (vi na internet esse da Guepardo e outro na Decathlon, preço de 99) ou um colchão inflável comum de solteiro.

    O peso do colchão é o dobro ou mais do que do colchonete, e o volume não fica muito atrás né. O que estou pensando é que, apesar do colchão prover mais conforte certamente, se o conforto no sono com o colchonete seria o suficiente para uma boa noite de sono.

    Eu não tenho esse tipo de equipamento, tenho dormido só com um isolando em EVA improvisado (menos espesso que os vendidos com esse fim) e um edredon dobrado fazendo as vezes de colchonete. Óbvio que não está confortável, mas eu não sou tão exigente.

    Será que um colchonete autoinflável desses atenderia para uma melhora significativa no conforto? Ou é melhor partir pro colchão mesmo, mais barato e confortável, apesar de mais pesado?

    Muitas dúvidas, não tive a oportunidade de ver o colchonete em lojas físicas ainda…

    Se puder opinar agradeceria muito.

    Grande abraço!

    • José Luciano Gasparello Filho
      11 de dezembro de 2013 at 18:59

      Eu gosto do meu isolante auto-inflável. Evito encher muito e até hoje nunca furou. Colchão é muito pesado e precisa de uma bombinha para encher, já o auto-inflável é mais prático para encher e considero com um conforto melhor que o EVA. Por outro lado, o EVA é muito mais leve. Sempre há prós e contras. Cada pessoas deve tomar sua própria decisão baseado em suas necessidades.

  4. 14 de dezembro de 2013 at 14:31

    Sim, claro, é essa análise de necessidade que estou fazendo antes de investir em mais um equipamento.

    É que eu tinha ficado na dúvida sobre a opinião que você emitiu acima “É difícil opinar, eu prefiro o inflável, mas tem gente que não gosta”. Não entendi se sua preferência era pelo colchão inflável ou pelo colchonete inflável.

    Qualquer um dos dois eu dou um jeito de levar na moto, mas se puder diminuir o conforto sem perdê-lo totalmente, e economizar no peso carregado, deve ser essa opção que vou buscar, o que imagino ser o caso do colchonete inflável.

    Obrigado pela resposta :)

  5. Junior Berthod
    2 de fevereiro de 2014 at 19:19

    Não dei sorte na compra do colchão. Bastou uma noite pra formar bolhas de ar nas partes extremas do colchão. Não sei tem limite de peso para o colchão, pois na embalagem não tem referência. Gastei 120,00 e já descartei. Vou arriscar outra marca.

  6. 11 de março de 2014 at 08:02

    Prezados, infelizmente decepcionei-me com esse isolante. Ele embora volumoso e pesado é bem confortável, reconheço. Mas o meu com pouco tempo de uso descolou – isso mesmo, descolou! – a emenda de fábrica, que fica no extremo onde tem o logotipo da Guepardo. Eu colei e coloquei reforço plástico de maneira que dá para usar, mas ficou a decepção e a não recomendação desse produto. Melhor por um pouco de dinheiro a mais e comprar um produto da Camp.
    No mais, não fiz contato com o fabricante mesmo porque precisava usar o isolante quando descobri que estava vazando, portanto tratei de “colar” a emenda e reforçar com uma tira de vinil.
    Abraços.

    • José Luciano Gasparello Filho
      11 de março de 2014 at 10:20

      O meu está durando bastante, já utilizei muitas vezes. Devido ao grande número de comentários negativos que este colchonete tem recebido tanto no site quanto em comentários no YouTube, talvez valha a pena testar outra opção.

      Obrigado a todos que passam suas experiências com os produtos mostrados no site Tocandira. Vocês estão ajudando outras pessoas na hora de escolher produtos de camping!

    • Eduardo
      18 de agosto de 2015 at 02:37

      Eu passei exatamente os mesmos problemas, na primeira utilização… Achei lamentável a falta de qualidade desse produto. No entanto, mesmo furado, ele acaba funcionando como um eva.

  7. Liny
    2 de abril de 2014 at 21:18

    Boa noite,
    gostaria de saber se é possível fazer exercícios físicos nesse colchonete Auto Inflável Smart Guepardo.
    Grata
    Liny

    • José Luciano Gasparello Filho
      3 de abril de 2014 at 18:47

      Certamente existem equipamentos mais baratos e adequados para atividades esportivas que não acampamentos. Infelizmente, não faço ideia em como orientar neste aspecto.

  8. Rudy
    3 de junho de 2017 at 19:59

    Ola. Sempre vejo seus vídeos antes de comprar meus equipamentos. Ótimas dicas. Tenho 2 auto infláveis desse e no entanto os 2 estão vazando. Sabe como posso fazer o reparo? E como detectar o vazamento?
    Desde já agradeço.

  9. Aldo Berardinelli
    6 de novembro de 2017 at 10:28

    Comprei em Junho/2017, fui utilizar somente agora e para a minha surpresa ele está vazando. Alguém sabe como posso fazer o reparo?

Deixe uma resposta para Aldo Berardinelli Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing