Cerrado – Dicas mateiras, imagens de plantas e animais

Este é o primeiro vídeo após um período de férias muito proveitoso e revigorante. Tive um período muito agradável com minha família no Paraná, e passei os últimos dias no noroeste de Minas Gerais, antes do voltar a Brasília, aprendendo sobre o bioma do cerrado, fazendo imagens de plantas, animais e de algumas situações que ocorrem no meio do mato.

No vídeo, mostro rapidamente imagens de algumas plantas bem comuns do cerrado que produzem frutos comestíveis e os locais mais fáceis para encontrá-las: gabiroba, cajuzinho do cerrado, mama-cadela, marmelo, cagaita. Mostro também a embaúba, porém, ainda não me aprofundo em nenhuma destas espécies. Estou trabalhando em vídeos mais completos para mostrar estas plantas da melhor forma possível.

Também mostro algumas imagens dos pequenos animais e pássaros que encontrei pelo caminho, e aproveito para comentar sobre alguns aspectos de segurança no meio do mato, quase como se estivesse batendo um papo com você. Não pretendo ensinar nada com muita profundidade neste vídeo, apenas desejo mostrar o quanto me diverti nos meus últimos dias de férias. Espero que as imagens sejam interessantes!

9 comentários para “Cerrado – Dicas mateiras, imagens de plantas e animais

  1. Tarcizio Luccas Lima
    8 de outubro de 2012 at 23:50

    Me senti em casa, lugar bacana!!!!

  2. Antonio Miranda
    9 de outubro de 2012 at 01:34

    Ai Gasparello , parabéns pelo vídeo e por compartilhar conosco estas imagens. Bom parece que vc se divertiu muito e isso é ótimo.
    Abraços

  3. CR2011VSF
    9 de outubro de 2012 at 02:36

    Excelente vídeo Gasparello! Conseguisse captar ótimas imagens, ficou muito agradável de se ver o vídeo. Ótimas dicas do cerrado e ótima dica de livro, deve ter sido sido ótimo ficar numa rede no meio do mato e lendo um bom livro. Parabéns e obrigado por compartilhar!

    • José Luciano Gasparello Filho
      10 de outubro de 2012 at 13:15

      É sempre bom ficar no meio do mato, sem telefone ou qualquer outro barulho tecnológico!

  4. Ronaldo R. C. Lima
    6 de janeiro de 2013 at 12:55

    Muito bom, Gasparello.

    Precisamos de mais pessoas assim como você, que mostrem a diversidade do cerrado, pois é um bioma que merece grande atenção, riquíssimo em espécies de fauna e flora e que está cada dia mais ameaçado.

    Moro no noroeste de minas e me é muito familiar o que você mostrou.

    Parabéns pela iniciativa e atitude.

  5. Eduardo Marques
    17 de outubro de 2013 at 16:02

    Ótimo vídeo Gasparello.

    Achei interessante esse livro da embrapa. Você sabe se eles tem sobre outros biomas também?

    Abraços

  6. zanolla
    18 de outubro de 2013 at 19:38

    um lugar muito bonito,no começo parece até um quadro de paisagem,parabéns pelo ótimo vídeo,gasparello,e pelas dicas..

  7. zanolla,Reinaldo
    18 de outubro de 2013 at 19:55

    achei muito legal também a travessia pelo riacho com o jeep,será que tem peixe nas partes mais profundas??parabéns Gasparello.

    • José Luciano Gasparello Filho
      19 de outubro de 2013 at 13:00

      Neste rio nunca vi alguém que conseguiu fisgar algum peixe. O córrego é bem pequeno e logo se transforma em pequenas cachoeiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing