Cartuchos de gás Guepardo e Náutika

Um dos cartuchos bem populares é o  de 190g, da Náutika, compatível com equipamentos Strike, Trail e similares. É um tipo de cartucho mais barato, mas como não pode ser reutilizado vem caindo em desuso. Para prender o cartucho em um fogareiro é necessário perfurá-lo com o próprio equipamento. Este procedimento nem sempre é perfeito, o que causa vazamentos de gás e muitas vezes inutiliza todo o cartucho. Outra desvantagem deste sistema é que após utilizar o gás, você não pode remover o cartucho para usar mais tarde.

 

 

Tanto a Náutika quanto a Guepardo importam equipamentos com uma válvula que permitem o engate e desengate dos cartuchos sem vazamentos. Talvez não seja muito aconselhado, mas quando sobra gás em um destes cartuchos eu tenho reutilizado em outros acampamentos. Para tanto, como medida de segurança mantenho os cartuchos que devo reutilizar em áreas com boa ventilação. Você também pode alternar facilmente o fogareiro com um lampião a gás e vice-versa. O gás utilizado é o Iso Propano e o Butano, sendo que cada cartucho, seja da Náutika ou da Guepardo possuem 230g de gás. Outra vantagem de utilizar qualquer cartucho é o poder calorífico nos dias mais frios. Se você utilizar um fogareiro ou espiriteira com álcool, nos dias mais frios você não terá bons resultados. Mesmo com um bom poder calorífico, estes cartuchos não são indicados para locais com o frio e altitudes extremas.

 

 

Quando vou num dia para voltar no outro, geralmente uso para fazer uma sopa ao entardecer e ainda uso o mesmo cartucho com o lampião, com baixa luminosidade, até me acomodar para o dia seguinte. Nunca medi quantas refeições consigo fazer, mas é fato que sempre sobra gás para outros dias. Para não ser pego desprevenido, costumo carregar um cartucho extra.

A grande desvantagem desse tipo de equipamento em relação as espiriteiras e fogareiros a álcool é que você não pode abandonar os cartuchos vazios no meio ambiente, tendo que trazê-los de volta. A vantagem mais clara, pelo menos dos cartuchos com válvula, é a segurança, praticidade e versatilidade.

3 comentários para “Cartuchos de gás Guepardo e Náutika

  1. leandro
    9 de fevereiro de 2014 at 16:09

    Comprei um da nautica, com válvula de sugurança com base nas dicas aqui do site, são realmente práticos e versáteis, são muito bons mesmo, obrigado pelas dicas.

  2. Iuri Kohler Hanzak
    10 de fevereiro de 2015 at 22:04

    Olá, adquiri um desses cartuchos, sem válvula, estou na dúvida sobre como furar. Como vc recomendaria?
    Abraços!

    • José Luciano Gasparello Filho
      11 de fevereiro de 2015 at 08:47

      Nunca usei um cartucho sem válvula. Mas existem fogareiros e lampiões específicos para cada tipo de cartucho. Geralmente, o equipamento traz um folheto de instruções. Se não tiver, o fabricante certamente lhe recomendará o modo correto de uso se você entrar em contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing