Barraca Coleman LX – Teste com vento e chuva

Quando removi esta barraca para camping de sua embalagem me surpreendi positivamente com um equipamento de boa relação custo-benefício, da Coleman. As barracas LX possuem um acabamento muito bom, o material empregado também é de boa qualidade, o zíper da porta e do mosquiteiro aparentam boa resistência.

A barraca tem poucas estacas e nenhum cordelete, o que por um lado facilita a montagem, por outro, torna a barraca insegura perante ventos mais fortes.
O piso é de polietileno e o sobreteto de poliéster. As estacas de aço, em número reduzido, são bem mais resistentes e um pouco mais longas que a média das barracas mais comuns. Ponto para a Coleman!
A barraca Coleman LX sendo castigada com ventos fortes.
Montar a barraca traz satisfação devido à facilidade, mas é no vento e na chuva que permanecia minha dúvida sobre seu desempenho. A barraca resistiria à condições desfavoráveis de clima? Comprei a barraca há muitos meses, mas estava esperando uma oportunidade para filmá-la nas piores condições possíveis. Finalmente consegui filmá-la durante um temporal com ventos fortes, onde foi possível testar seus limites.
Depois de encarar uma tempestade de 3 horas e uma noite de chuvas intermitentes, o nascer do sol.

Com o início do vendaval, a barraca começou a “armar” com o vento, que entrava pela parte inferior do avanço. O piso aonde montei a barraca não era muito firme, então as estacas um pouco mais longas fizeram a diferença. A falta de cordeletes não me transmitiu segurança, mesmo assim, as varetas de sustentação de fibra de vidro cumpriram seu papel, não vergando com ventos fortes e contínuos.

A barraca resistiu a três horas de temporal com fortes ventos durante a tarde, mais uma noite de chuva fraca e intermitente. O interior ficou seco. É importante salientar que a barraca, enquanto nova, conseguiu resistir bem às chuvas, mesmo com apenas 800mm de coluna d’água. Apesar do bom desempenho nos testes, uma coluna d’água tão pequena em climas tropicais não garante que este equipamento resista a chuvas contínuas de vários dias, situações comuns em feriados prolongados e férias. Apesar de artigos falando o contrário, tenho percebido um bom desempenho na chuva das barracas (com sobreteto) com apenas 800mm de coluna d’água.

Em minha opinião, esta barraca é mais indicada para campings estruturados para passar um final de semana, preferencialmente aonde você possa montá-la de modo a protegê-la dos ventos. Pelos preços acessíveis e pela qualidade acima da média é um equipamento que pode entrar em sua lista, desde que você tenha em mente as limitações em situações de ventos fortes, ou seja, não leve este modelo para montanha!

Especificações segundo o importador:

 

Piso: Polietileno 1000D 140g/m2 com costura invertida
Teto: Poliéster taffeta 800mm PU
Dormitório: Tela mosquiteiro e poliéster 70D respirável para melhor ventilação
Estrutura: Fibra de vidro simples e fácil de montar. Costura selada
Modelos: LX2(2 pessoas), LX3(3 pessoas), LX5(5 pessoas):
  • Barraca LX 2 pessoas: 1.55 (L) x 2.10 (P) x 1.22 (A) m de altura no centro
  • Barraca LX 3 pessoas: 2.10 (L) x 2.10 (P) x 1.35 (A) m de altura no centro
  • Barraca LX 5 pessoas: 3.00 (L) x3.00 (P) x 1.80 (A) m de altura no centro

 

Não deixe de conferir o video abaixo para ver o desempenho da barraca:

Leia também:

 

8 comentários para “Barraca Coleman LX – Teste com vento e chuva

  1. 7 de abril de 2013 at 23:44

    Belo review , nem prático parabéns.

  2. Marcelo Clemente
    8 de abril de 2013 at 02:56

    Muito bom o teste. Qual a quantidade segura em relação a coluna de água pois notei que vc se referiu a 800mm como não sendo a mais inficada para um acampamento mais longo em caso de chuva continua?

  3. Marcelo Clemente
    8 de abril de 2013 at 14:43

    Ops falha minha… valeu gasparelo tenho uma barraca xingling que uso apenas em campings mas como meu filho ta crecendo rapido vou dar essa pra ele e comprar outra. Muito esclarecedor os seu reviews. Parabéns! !!

  4. odemir de freitas junior
    28 de maio de 2013 at 15:55

    Olha eu tenho uma LX-3 a uns 3 anos e peguei aquela tempestade em Angra no ano novo 2012/2013 foram mais de 24h de chuva intensa e ventos fortes e abarraca ficou seca e não desmontou com o vento…portanto eu recomendo para tempestades tropicais!rs

  5. Jack Bilek
    31 de outubro de 2013 at 13:43

    bom dia. Tive uma Coleman 3 que comprei em 2001, usei muito chegando a ficar com ela armada durante 27 dias ininterruptamente em terreno firme abaixo de uma árvore na Ilha do Mel. Apesar de ficar mais de 8 anos e usá-la aproximadamente umas 4 vz ao ano, nunca fiquei completamente satisfeito. Essa de 2001 tinha o sobre teto que ficava a uns 30 cm do chão não cobrindo a costura do piso a parede, essa costura é voltada para dentro oque sempre facilitou a entrada de água, mesmo com chuvas leves. O zíper tanto da porta como da janela (tinha uma grande janela com mosquiteiro que refrescava muito em dias quentes)não tinha nenhuma proteção e também passava água. O avanço muito pequeno que não era capaz de proteger nem o zíper.

    • José Luciano Gasparello Filho
      31 de outubro de 2013 at 14:55

      A barraca mudou muito em relação à 2001.

  6. Paulo
    4 de dezembro de 2014 at 20:24

    Gaspareto, o que me diz da barraca Ozarka 6 pessoas? E a BARRACA ARPENAZ FAMILY 4.2 4 PESSOAS QUECHUA? me refiro ao material, sua resistencia, coluna dágua. Porque li recente um comentário na pagina da decathlon falando mal da barraca Ozarka e Quechua. Obrigado amigo, gosto do seu site… muito interessante, aprendo muito aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing