As clássicas lanternas Maglite

Desde 1979 a Mag Instrument USA fabrica as lanternas Maglite. Eu, como um bom paquerador de vitrine e apreciador da marca que sou há muito tempo, vou contar um pouco da minha experiência, mas vou me limitar apenas aos modelos que tive e tenho.
O único modelo que tenho com lâmpada incandescente é a Solitaire, que impressiona por ser muito compacta e, como todas as outras, por ter um ótimo acabamento e confiabilidade. Na adolescência não tinha grana pra comprar as maiores. Mais pra frente vieram os modelos LED, tive uma com 3 pilhas D, uma com 2 pilhas AA, até criar coragem e comprar uma XL50 que foi minha primeira lanterna com estrobo. Ano passado comprei as duas que me acompanham até então, a XL200 (172 lumens máx.) que tem 5 funções incluindo SOS e estrobo e a Mini Pro+ (245 lumens máx.) com duas intensidades. Todos os modelos citados estão altamente recomendados!
Aí muitos devem estar pensando “mas Maglite, atualmente, já tem muita coisa melhor…“, em parte concordo, tenho experimentado algumas das diversas marcas que surgiram ou se tornaram mais conhecidas recentemente, e gostado muito! Algumas com designs robustos, muito potentes e com melhores recursos para uso tático, mas o que não dá pra negar é que Maglite tornou-se um clássico, e eu não pretendo abrir mão desse “jeitão” elegante que a marca carrega.
Para minha alegria, ou para nossa alegria, se você gosta também, foram lançadas no final de 2012 a Solitaire LED e a Mag-Tac. A Solitaire eu pretendo adquirir, já a Mag-Tac cabe avaliar se existe a necessidade de tal luminosidade (320 lumens máx) pois é o primeiro modelo da Maglite que usa pilhas CR123 que tem um custo mais elevado.
Eduardo Manzano é: profissional de manutenção (eletricista); apaixonado por ferramentas manuais; colecionador de facas e canivetes clássicos e táticos; admirador de técnicas de sobrevivência e bushcraft.

16 comentários para “As clássicas lanternas Maglite

  1. Nelson Martins Braga
    18 de janeiro de 2013 at 21:02

    Parabéns Eduardo, como vemos, você, alem de ser uma personalida impoluta, tambem é afiada e iluminada.

  2. Lopes
    22 de janeiro de 2013 at 16:57

    A magtac é uma lanterna que uero experimentar. A versatilidade das cr123A é impressionante, o grande problema dela aqui no Brasil é o custo das baterias mesmo. Um case de 4xAA duracell sai por 8 reais, já uma 123a sai em média 13 reais. Queria ver uma incandecente da maglite com 123a, seria algo bem agradavel!

  3. 22 de janeiro de 2013 at 22:51

    Eduardo, cara, você realmente é apaixonado por maglites. Olha, eu que não sou muito dos clássicos gostei, quem sabe experimento um pouco da Maglite, quem sabe até o Victorinox. Muito bom o artigo. aBRaço

  4. Eduardo Manzano
    23 de janeiro de 2013 at 12:09

    …realmente CR123 custa caro! Obrigado por comentar.

  5. MackBollan
    24 de janeiro de 2013 at 18:51

    Manzano, como vc pediu, vim dar uma olhada no seu artigo.
    Além de apreciador de lanternas, canivetes e afins, vejo que também é um ótimo escritor.
    Belo artigo, muito bem escrito.
    Eu nunca tive uma Maglite, mas creio que como um clássico, deve ser mantida e respeitada…
    Parabéns pelo texto, ficou realmente muito bom…
    Abraços

    MackBollan

  6. 25 de janeiro de 2013 at 00:10

    Excelente texto meu nobre amigo. Parabéns e continue expressando o seu gosto… exótico. Hehe… Abraço

  7. Guto Vilaça
    6 de fevereiro de 2013 at 11:04

    Muito legal o artigo. Realmente hoje em dia existem vários modelos mais sofisticados de lanternas mas eu ainda curto muito uma maglite. Tenho dois modelos clássicos que estão comigo à muito tempo e apesar de não serem super luminosas, elas nunca falharam. São extremamente confiáveis. Parabéns. Abs.

  8. huarley
    29 de março de 2013 at 13:51

    ótimas informações,
    tenho uma MAG-LITE q veio dos USA, o cara trouxe duas, um amigo comprou e me deu uma…
    só não sabia q era tão famosa assim,
    tenho um produto d primeira na mão e ñ sabia…
    ela tem estas inscrições:
    *Mag Instrument-ontario, california, USA.
    *PATENTED IN U.S.A
    *D2031308014.
    só ñ sei o q significa…
    Alguém me disse q tem como colocar uma lampada d LED,
    achei muito caro..

  9. Eduardo Manzano
    31 de março de 2013 at 01:18

    huarley, esse é o número de série. Eu acho melhor comprar uma nova lanterna com LED do que comprar só a “lâmpada”. Obrigado por comentar.

  10. Dirceu
    30 de outubro de 2013 at 13:05

    Achei a nova solitarie led muito boa porem ela nao tem
    A mola q mantém a lampada para frente , me parece q oque empurra
    A lampada é a mola traseira da lanterna, a lampada chaquala nao gostei
    Deste detalh

  11. Fernando Amorim
    22 de julho de 2014 at 05:38

    Bom dia Gaspareto. Conheci seu site hoje e sou um adorador de lanternas e lâminas, fiquei grudado no pc umas 3h direto… Há algum tempo ouvi falar das MAG, tentei comprar no Brasil e não consegui, então comprei de fora a MINI MAG incandescente… Uma das maiores decepções que já tive com lanternas. Não ilumina nada, o foco é completamente sem forma definida, mesmo com ajuste. Para não dizer que nada me agradou gostei do acabamento e da opção de usá-la tipo uma vela. Mas utilizo apenas para prender no teto da barraca, pois se precisar sair a noite não tem utilidade alguma.
    Meus parabéns pelo trabalho e digo que acabou de ganhar um “fã”.

  12. Carlos Eugênio Pereira Moreira
    5 de março de 2015 at 01:18

    ola tenho uma MagLite 3 cell C e não esta funcionando vc realiza manutenção…

  13. jose carlos correa de oliveira
    11 de março de 2015 at 03:23

    Srs. tenho uma lanterna mini maglite de 2 pilhas AA, preciso trocar a lampada só porem nao sei onde encontrar , se alguem souber por favor me retornem informando qual local para eu poder contatar, grato

  14. Vinícius
    9 de janeiro de 2016 at 17:35

    Boa tarde! Excelente artigo Eduardo, é o seguinte tenho uma maglite LED 3 cell D e não consigo desmontar para fazer a troca do LED, q veio a queimar, parece blindado, gostaria do seu contato para fazer um vídeo para te enviar até onde dou conta de desmontar, agradeço desde já, abraço. ATC. Vinícius.

  15. Abraao
    20 de abril de 2016 at 13:38

    Tenho uma lanterna maglate mais ela parou de ligar quero saber se conhece quem pode arrumar ela para mim. Se possivel me responda uso ela para trabalhar obrigado.

  16. Carlos Neves
    16 de novembro de 2016 at 19:03

    Olá Eduardo Manzano.
    Boa tarde.
    Estou tentando fazer manutenção nas minhas lanternas Mag e gostaria muito de saber qual é a medida da chave Allen que solta o interruptor da lanterna.

    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing