A vida passa depressa

Eventualmente as pessoas procuram saber como estou, o que é bom! É sinal que até mesmo pessoas que não conhecemos podem ter alguma preocupação conosco!

A vida é muito legal, e estou aproveitando de muitas maneiras diferentes! Por ora, nada de vídeos, textos ou qualquer outra coisa que me tire do foco de aproveitar o tempo livre com coisas que gosto de fazer nesta fase de minha vida! Não é que não goste mais de filmar ou escrever, mas no momento, isso não me traz tanta satisfação quanto as outras atividades às quais estou me dedicando.

Um dos motivos que me desmotivaram a continuar com textos e vídeos, entre uma série de outras coisas, é que percebi em comentários do material produzido, que muita gente é bitolada demais (por favor, não generalizem), e responder gente bitolada me aborrece. Tem gente que tudo é cutelaria, ou tudo é sobrevivência, ou tudo são armas, ou tudo são essas coisas que de certa forma podem, ou não, se correlacionar. Claro que só em comentários não podemos perceber tudo o que uma pessoa tem a oferecer, mas em reiteradas mensagens, isso fica claro acerca de alguns. Outro exemplo de algo que me aborrecia era o fato de eventualmente falar de armas, principalmente de chumbinhos, e logo as pessoas me relacionarem à caça. Logo eu, que gosto tanto de bichos. É claro que esses são somente alguns poucos exemplos.

Eu não sou assim, gosto de muitas coisas diferentes, sempre gostei. Gosto de sentir o calor do sol, e às vezes até gosto de tomar chuva! Gosto de praticar esportes variados, mas não gosto de perder meu tempo assistindo ou discutindo sobre isso. Gosto de leituras muitos diferentes, sejam de temas bobinhos, até de grandes clássicos. Gosto de coisas nerds. Continuo gostando de plantas e bichos. Faz tempo que perdi o interesse por armas de fogo ou de chumbinho. Ainda gosto de longas caminhadas, de músicas variadas, e quanto mais o tempo passa, mais prefiro as músicas calmas.  Às vezes procuro por músicas antigas que ainda não conheço, ao invés de consumir música nova. Isso não faz de mim um erudito, apenas faço o que quero, sem me preocupar com o que os outros vão pensar ou dizer. É bom viver sem se preocupar com opiniões de quem não conhece as suas batalhas (isso soa meio clichê, mas é uma boa frase)! No final das contas, poucos estarão ao seu lado quando o dia derradeiro chegar!

Em duas oportunidades ouvi meu avô lamentar, suspirando na varanda de sua casa de praia: “como a vida passa rápido”. Na primeira vez eu ainda era adolescente, mas imediatamente internalizei a mensagem e procurei basear minha vida nisso. Por vezes, me perdi, tentando ganhar a vida, o que é normal, mas sempre procurei retornar à mensagem da vida passar depressa. Essas palavras do meu avô me marcaram profundamente, e já tendo passado dos quarenta anos, tenho a certeza de que a vida é realmente um sopro, e não tenho tempo para me preocupar com bobagens.

Não vivam em bolhas, tem muitas coisas legais pra aprender ou fazer! Experimente!

Gasparello

1 comentário para “A vida passa depressa

  1. 6 de fevereiro de 2020 at 00:50

    É isso aí meu nobre, sempre gostei da forma como você fez seu conteúdo. Sem ficar preso num assunto só ou numa temática só.
    Vida que segue, vida que se vive.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing