A dificuldade de captar boas imagens da vida selvagem

Tenho produzido muitos vídeos amadores para mostrar facas, canivetes, produtos de aventura e de técnicas de tiro esportivo. Gosto de colocar uma cena ou outra de animais do cerrado de Minas Gerais, local onde filmo a maioria dos vídeos.

Eu já admirava muito os documentários de Discorey Channel e da National Geographic, aliás, eu já era fã de longa data das revistas e, mais tarde, dos vídeos em VHS da National Geographic.

Eu sempre imaginei ser difícil conseguir certas cenas, afinal, os animais não seguem o roteiro que desejamos. Por mais simples que sejam as imagens da vida selvagem, precisamos sempre de muita paciência e até um pouco de sorte. Infelizmente, tenho somente um final de semana por mês para realizar meus filmes, por vezes, sequer uma viagem de aventura por mês consigo fazer. Com tão pouco tempo disponível, a dificuldade de captar uma boa imagem de animais, até que comuns, geralmente é imensa.

Segue uma foto que vi hoje no portal de notícias G1. É uma foto feita pelo alemão Armin Maywald, que acampou por cinco semanas até capturar esta imagem na península Valdes, na Argentina (Foto: Armin Maywald/Wild Planet):

O link da notícia original é o que segue:
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/07/museu-britanico-expoe-imagens-premiadas-de-vida-selvagem.html

4 comentários para “A dificuldade de captar boas imagens da vida selvagem

  1. Guto Vilaça
    14 de agosto de 2012 at 17:50

    De vídeo não entendo nada mas curto muito fotografias. Belas imagens da vida selvagem se resumem em: Fotógrafo talentoso + equipamento adequado + paciência + coragem

    O Araquém não me deixa mentir:
    http://www.araquem.com.br

    Nick Brandt:
    http://www.nickbrandt.com/Category.cfm?nL=0&nS=0

    • José Luciano Gasparello Filho
      14 de agosto de 2012 at 17:54

      É um trabalho profissional muito bacana! Eu continuo com meus vídeos amadores e equipamento apenas razoável.

      Abraço

  2. Guto Vilaça
    16 de agosto de 2012 at 10:56

    “Amador” muitas vezes é confundido com um sentido pejorativo. Alguns entendem a palavra amador como sinônimo de “não profissional” ou “mal feito”. Amador no real sentido da palavra quer dizer: aquele que faz por amor. Se você gosta do que faz e sente prazer nisso, é o que vale.
    Abraço e parabéns pelo blog.

    • José Luciano Gasparello Filho
      16 de agosto de 2012 at 11:22

      Obrigado por prestigiar o meu trabalho e por comentar!

      Gasparello

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing